Ataide Rafael: “O Jiu-Jitsu me fez acreditar que meus sonhos eram possíveis”

Share it

Ataide Rafael conquistou o cinturão do Summit Grappling. Foto: Reprodução

Nosso GMI em Little Rock, localizada no estado americano do Arkansas, o faixa-preta Ataide Rafael tem se destacado nas funções de professor e atleta. Ataide ministra aulas de Jiu-Jitsu na equipe Westside MMA e tem emplacado conquistas no sem kimono em torneios da IBJJF e eventos de grappling. 

Nos últimos meses, Ataide Rafael sagrou-se campeão dos Opens de Houston e Atlanta, ambos organizados pela IBJJF, e conquistou o cinturão no Summit Grappling após finalizar o adversário com um plástico armlock voador.

Em bate-papo com a equipe do GRACIEMAG.com, Ataide Rafael listou os benefícios do seu trabalho à comunidade americana e contou quando percebeu que viveria em prol do Jiu-Jitsu.

GRACIEMAG: Que benefícios o seu trabalho proporciona à comunidade americana?

ATAIDE RAFAEL: Além de aprender a defesa pessoal, na minha opinião, o maior benefício é o combate ao estresse diário. Cerca de 80% dos meus alunos não são competidores, e foi difícil para eu entender isso no começo. Eles tiram essa hora por dia para esquecer todos os problemas, aqui a maioria dos atletas quer apenas relaxar por meio do Jiu-Jitsu.

Quando você percebeu que você viveria em prol do Jiu-Jitsu?

Eu trabalhava 12 horas por dia como segurança e fui demitido. Depois, trabalhei num ferro-velho do meu amigo Digão, mas era muito difícil ser atleta no Brasil. Eu dividia meu tempo entre treinos e trabalho, até que um dia minha esposa Carla e meus alunos me motivaram a parar de trabalhar em outros ramos para viver do Jiu-Jitsu. Foi aí que eu fundei o projeto social Lutando e resgatando Vidas, que era localizado na minha própria casa. Consegui me sustentar com o projeto e graças ao meu mestre Denilson Pimenta me mudei para os Estados Unidos. Foi aqui que percebi que realmente é possível viver do Jiu-Jitsu. O esporte me fez acreditar que todos meus sonhos eram possíveis.

O que diferencia a Westside MMA das demais equipes da região?

O maior diferencial da Westside MMA é nossa união, aqui usamos a frase “um time, um sonho”, e carregamos esse mantra todos os dias. Temos nossos professores Roli Delgado, Betina e o Bruno, que exercem um ótimo trabalho e fazem total diferença nos treinos.

Como os treinos com o professor Roli Delgado tem te ajudado a evoluir no Nogi?

Considero o Roli Delgado mais do que um mestre, é um pai para mim. Ele tem me ajudado bastante e fez ajustes importantes no meu jogo neste ano. Ele é um professor fenomenal, conseguimos ótimos resultados no Nogi juntos e vamos buscar o título mundial sem kimono em dezembro, na Califórnia. Não estarei sozinho, vou com a minha irmã Betina e o amigo Dylan Johnson.

Quais são os seus próximos objetivos como professor e atleta?

Eu quero evoluir cada vez mais como atleta, aprimorar meu Jiu-Jitsu e ganhar títulos. Como professor, eu pretendo estar sempre atualizado em diversas áreas e espero transmitir o máximo de conhecimento aos meus alunos por meio do Jiu-Jitsu.

Confira no vídeo abaixo o plástico armlock de Ataide Rafael no Summit Grappling:

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.