O cometa “Baby Shark” e os classificados em Camboriú para o ADCC 2022

Share it

Mica Galvão foi a grande barbada do evento, e finalizou todas suas lutas. Foto: Arquivos GRACIEMAG

A seletiva do ADCC 2022, nesse sábado 5 de fevereiro, atraiu alguns nomes renomados aos tapetes armados em Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

O campeão absoluto do ADCC em 2015, Claudio Calasans, foi lá tentar garantir o carimbo no passaporte. O veterano Viktor Dória, campeão no primeiro Mundial em 1996 como faixa-azul peso pesado, também.

No fim, os maiores aplausos foram para os novatos. O amazonense Diogo “Baby Shark” Reis levantou a galera na semifinal quando finalizou seu parceiro campeão mundial com pano, Fabricio Takaka, com uma chave de perna. Na final, ele prevaleceu contra o duro Diego Pato e garantiu a vaga.

Na divisão até 77kg, o jovem faixa-preta Mica Galvão confirmou o barulho em torno de seu nome e finalizou todas as suas lutas.

No peso mais pesado, acima de 99kg, Roosevelt Souza venceu Viktor e mais uma penca de grandes nomes, e vai tentar brilhar em Las Vegas, nessa categoria que já foi de lendas do esporte – como Mark Kerr, Jeff Monson, Marcio Pé de Pano, Fabricio Werdum e Marcus Buchecha, entre outros craques.

Confira os resultados finais:

Até 66kg — Diogo “Baby Shark” Reis derrotou Diego “Pato” Oliveira na decisão dos jurados

Até 77kg — Micael Galvao finalizou Magid Hage no triângulo

Até 88kg — Isaque Bahiense derrotou Claudio Calasans nos pontos negativos (-2)

Até 99kg — João Costa derrotou Henrique Ceconi na decisão

Até 99kg — Roosevelt Sousa finalizou Pedro Alex “Bombom” na chave de panturrilha

Feminino — 60kg: Daiana Torquato derrotou Jinana Sais por 3 a 0

Feminino — +60kg: Rebecca Albuquerque finalizou Larissa Severo no mata-leão

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.