Europeu 2023: Kaynan Duarte e Gabi Pessanha reinam na França

Share it

Kaynan Duarte conquistou o ouro duplo no Europeu 2023. Foto: Marcelo Guelber/GRACIEMAG

Na terra da guilhotina, ganhou quem colecionou mais pescocinhos. O Campeonato Europeu da IBJJF de 2023 aqueceu o inverno francês ao longo da semana e coroou seus campeões na faixa-preta, no domingo 29 de janeiro, no Instituto de Judô, em Paris.

Kaynan Duarte teve desempenho avassalador, finalizou as sete lutas que disputou no torneio e conquistou o ouro duplo. O atleta da Atos abriu 6 a 0 sobre Rider Zuchi na final do aberto e finalizou no mata-leão. Na decisão do superpesado, Kaynan finalizou Luis Fernando de Oliveira com uma chave de braço na montada. 

Gabi Pessanha anotou seu segundo ouro duplo seguido em Europeus. Foto: Marcelo Guelber/GRACIEMAG

Entre as mulheres, a fenomenal Gabi Pessanha confirmou o favoritismo e anotou seu segundo ouro duplo consecutivo em Europeus. A estrela da Infight finalizou Thalyta Silva com um estrangulamento da guarda-fechada para triunfar no absoluto. Antes, Gabi finalizou Elisabeth Clay com um ataque nas costas e Maria Malyjasiak na chave de pé. A aluna de Marcio de Deus teve pela frente apenas Claire-France Thevenon no superpesado e aplicou um mata-leão em cerca de dois minutos para confirmar a vitória.

Tainan domina peso médio

Thalison Soares não deu chances aos oponentes no peso-galo e se tornou bicampeão europeu na faixa-preta. Thalison abriu 12 a 0 contra Welerson Gonçalves na final e finalizou o atleta da Nova União com um estrangulamento de lapela no cem-quilos. Na semifinal, o representante da AOJ precisou de 40s para estrangular Tadiyah Danforth pelas costas.

O americano Malachi Edmond triunfou no peso-pluma. O “Mágico” derrotou o brasileiro Diego Pato por 4 a 2 para levar a medalha de ouro para a equipe Lloyd Irvin. Edmond raspou e quedou Pato, enquanto o atleta da Dream Art revidou apenas uma raspagem.

Fabricio Andrey desbancou o então campeão Alex Sodré no peso-pena e conquistou seu primeiro título europeu na faixa-preta. Na reta inicial do combate, o “Hokage” puxou Sodré para a meia-guarda, dominou uma das mangas do adversário, levantou no single-leg e marcou 2 a 0 para garantir a vitória. O aluno de Rodrigo Feijão fez uma blitz para devolver a raspagem, só que Fabrício sustentou a vantagem no placar. Ao longo de sua campanha no torneio, o manauara derrotou João Victor Pinheiro, Israel Almeida e Lucas Rodrigues. 

Fabrício Andrey conquistou seu primeiro título europeu na faixa-preta. Foto: Marcelo Guelber/GRACIEMAG

Andy Murasaki superou Natan Chueng no apagar das luzes e boletou o ouro no peso leve. O atleta da Atos conseguiu uma vantagem nos segundos finais ao quase passar a guarda do rival e fez o suficiente para sair vencedor. Ele finalizou três das quatro lutas que disputou e mostrou-se dominante na categoria.

Tainan Dalpra teve atuação de gala em solo francês e fez do Europeu 2023 mais um capítulo para reforçar sua hegemonia no peso médio. O pupilo dos irmãos Mendes teve pela frente Pavel Kalesnik na final e apenas repetiu o roteiro dos duelos anteriores. Depois de finalizar Elder Júnior e Lucas Protásio com estrangulamentos nas costas, Tainan fez o mesmo com Pavel. O prodígio da AOJ passou a guarda, pegou as costas e finalizou Kalesnik em pouco mais de um minuto. 

Tainan Dalpra dominou o peso médio no Europeu 2023. Foto: Marcelo Guelber/GRACIEMAG

Jansen Gomes é o novo campeão europeu no meio-pesado. Jansen faturou o título após Pedro Machado ser desclassificado por sair da área de combate com um ezequiel encaixado em pé. O atleta da Checkmat vencia o confronto por 2 a 0 por quedar Machado no double-leg momentos antes.

Fellipe Andrew dominou os três adversários que enfrentou no peso pesado e confirmou seu favoritismo. Após derrotar Devhonte “Bones” Johnson por 9 a 0 na semifinal, Andrew não tomou conhecimento de Adam Wardzinski na decisão e fez 7 a 0 para sacramentar seu quarto título consecutivo em Europeus. O lutador da Alliance passou a guarda, montou, tentou ataques no katagatame, mas o polonês resistiu às investidas.

Fellipe Andrew reinou no peso pesado. Foto: Marcelo Guelber/GRACIEMAG

Mason Fowler foi arrasador diante de Kjetil Lydvo na final do pesadíssimo. O americano abriu um impressionante 27 a 2 no placar e finalizou o atual campeão mundial da categoria na faixa-marrom com um mata-leão. No decorrer de sua campanha na competição, Fowler passou por  Luiz Marcos e Seif-Eddine Houmine nas fases anteriores.

Mayssa Bastos conquista o tetra

Jéssica Caroline brilhou em seu primeiro Europeu na faixa-preta. Jéssica se tornou campeã no peso-galo após derrotar Thaís Loureiro por uma vantagem na final. 

Se uma nova campeã surgiu no peso-galo, entre as plumas há uma rainha dominante. Mayssa Bastos, de 25 anos, sagrou-se tetracampeã europeia na faixa-preta (2019, 2020, 2022 e 2023). Na final da categoria, Mayssa dominou Brenda Larissa e superou a aluna de Melqui Galvão por 11 a 4.

Mayssa Bastos é tetracampeã europeia na faixa-preta. Foto: Marcelo Guelber/GRACIEMAG

Ana Rodrigues deu mais um passo importante para afirmar sua dominância no peso-pena. A atleta da Dream Art finalizou Andréia Cavalcante com um estrangulamento nas costas, quando já vencia a oponente por 9 a 0. O resultado coroou o tricampeonato europeu de Ana.

Luiza Monteiro e Nathalie Ribeiro protagonizaram uma das finais mais empolgantes entre as mulheres. Luiza bateu a atleta da Checkmat por 11 a 4 e adicionou mais uma medalha de ouro à sua extensa coleção.

Finalista do absoluto, Thalyta Silva sagrou-se campeã no peso médio. Thalyta derrotou Vanessa Griffin por decisão dos árbitros, após o empate por 0 a 0 nos pontos. 

Maria Malyjasiak teve performance arrebatadora diante de Sábatha Laís na final do meio-pesado. Maria passou a guarda, montou, abriu 11 a 0 no placar e estrangulou a brasileira com um ataque nas costas. 

Aos 44 anos, Amanda Magda, que é faixa-preta há cerca de um ano, conquistou seu primeiro título europeu. Amanda surpreendeu Elizabeth Mitrovic na final do peso médio e finalizou a rival com uma chave de pé.

Confira abaixo os resultados dos faixas-pretas no Europeu 2023:

MASCULINO

Absoluto: Kaynan Duarte finalizou Rider Zuchi com um mata-leão

Peso-galo: Thalisson Soares finalizou Welerson Gonçalves com um estrangulamento

Peso-pluma: Malachi Edmond derrotou Diego Pato por 4 a 2

Peso-pena: Fabrício Andrey derrotou Alex Sodré por 2 a 0

Peso leve: Andy Murasaki derrotou Natan Chueng por uma vantagem

Peso médio: Tainan Dalpra finalizou Pavel Kalesnik com um estrangulamento

Peso meio-pesado: Jansen Gomes derrotou Pedro Machado por desclassificação

Peso pesado: Fellipe Andrew derrotou Adam Wardzinski por 7 a 0

Peso superpesado: Kaynan Duarte finalizou Luis Fernando de Oliveira com um armlock

Peso pesadíssimo: Mason Fowler finalizou Kjetil Lydvo com um mata-leão

FEMININO

Absoluto: Gabi Pessanha finalizou Thalyta Silva com um estrangulamento

Peso-galo: Jéssica Caroline derrotou Thaís Loureiro por uma vantagem

Peso-pluma: Mayssa Bastos derrotou Brenda Larissa por 11 a 4

Peso-pena: Ana Rodrigues finalizou Andréia Cavalcante com um estrangulamento

Peso leve: Luiza Monteiro derrotou Nathalie Ribeiro por 11 a 4

Peso médio: Thalyta Silva derrotou Vanessa Griffin por uma vantagem

Peso meio-pesado: Maria Malyjasiak finalizou Sábatha Laís com um estrangulamento

Peso pesado: Amanda Magda finalizou Elizabeth Mitrovic com uma chave de pé

Peso superpesado: Gabi Pessanha finalizou Claire-France Thevenon com um mata-leão 

 

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.