O adeus a Antonio Inoki, pioneiro e entusiasta do MMA

Share it

Os fãs japoneses se despediram neste sábado – noite de sexta, 30 de setermbro – do político e ex-lutador Muhammad Hussain Inoki, popularmente conhecido como Antonio Inoki.

Aos 79 anos, Inoki morreu em casa. O patrono de eventos de MMA como o Inoki Bom-Ba-Ye, o Jungle Fight e o famoso Pride, vinha lidando com problemas de saúde nos últimos anos.

O lutador japonês havia emigrado para o Brasil aos 14 anos, e chegou a competir no atletismo por aqui. Ele retornou ao Japão aos 17 e se tornou um dos astros internacionais do pro-wrestling, a luta livre profissional coreografada.

Antonio Inoki teve um irmão professor de karatê, Hiroyasu Inoki, que ficou pelo Brasil e faleceu em 2017, após passar mão na academia Shotokan, no Rio de Janeiro.

Antonio ficou famoso mundialmente pelo duelo contra a lenda do boxe Muhammad Ali, em 1976. As regras, complicadas para que nenhum dos dois levasse vantagem em pé ou no chão, terminou num combate frustrante, com poucos golpes conectados, e terminou em empate.

Antonio Inoki tornou-se político, eleito duas vezes para a Casa dos Conselheiros do Japão, o que equivale ao Senado brasileiro.

Em prova de bravura, em 2003 mergulhou e nadou de noite no rio Negro, no evento de abertura do Jungle Fight 1 em Manaus, evento idealizado por seu sócio e amigo Wallid Ismail.

Que agora o senador siga a travessia em águas tranquilas. Oss!

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.