Sul-Americano 2022: Gabi Pessanha e Gutemberg Pereira brilham nos absolutos

Share it

Gabi Pessanha conquistou o ouro duplo no Sul-Americano 2022. Foto: divulgação/CBJJ

O Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jitsu 2022 agitou a Arena Cel Wencesclau Malta, sediada no bairro de Deodoro, no Rio de Janeiro, nos dias 14, 15 e 16 de outubro. O grande nome do evento foi a fenomenal Gabi Pessanha. A atleta da Infight faturou o ouro duplo após triunfar no absoluto e no superpesado, com atuações dominantes. Na final da categoria, Gabi raspou e finalizou Sabrina Gondim no katagatame. Já no aberto Pessanha não deu chances a Maryanna Cardoso e estrangulou a adversária com um ataque nas costas.

Entre os homens, Gutemberg Pereira brilhou no absoluto. O lutador da GFTeam derrotou Gabriel Oliveira por 4 a 2 na final do aberto. O habilidoso guardeiro pegou as costas de Gabriel e dominou grande parte do duelo. Na reta final, Oliveira esboçou uma reação e quedou Berg, que se manteve tranquilo e administrou a vantagem no placar para levar o ouro.

Gutemberg Pereira venceu o absoluto do Sul-Americano 2022. Foto: divulgação/CBJJ

O peso-galo tem um campeão dominante e este se chama Oziel Santos. O popular “Zizi” impôs um ritmo avassalador sobre Aniel Bonifácio na final e conquistou uma vitória fabulosa. O atleta da FP Team trabalhou por cima com consistência, anulou as investidas do adversário e pegou as costas. Instantes depois, Oziel aplicou um belo estrangulamento com a lapela para finalizar Aniel.

Prodígio da equipe Cicero Costha, Leonardo Mário se consagrou no peso pluma. Numa final eletrizante, Leonardo derrotou Ronald Alves por 8 a 6. O confronto foi bem disputado na guarda 50/50 e Leonardo foi categórico para garantir o primeiro lugar. Promovido à faixa-preta após conquistar o Brasileiro neste ano entre os marrons, Leonardo Mário finalizou dois oponentes no Sul-Americano e segue invicto na temporada.

Matheus Lima brilhou no Sul-Americano 2022 e dominou o peso-pena. Ele teve desempenho seguro em todo o torneio e mostrou serenidade de veterano na decisão da categoria. Quando já vencia Artur dos Santos por 3 a 0 na final, o manauara aplicou um belíssimo armlock dos cem-quilos para liquidar a fatura. O promissor faixa-preta finalizou dois dos combates que disputou no armlock.

Matheus Lima se consagrou campeão do peso-pena no Sul-Americano 2022. Foto: divulgação/CBJJ

Natan Chueng provou mais uma vez que vive fase irretocável. Campeão Brasileiro Sem Kimono há cerca de dois meses, Natan voltou à Arena de Deodoro com a missão de ser campeão. E ninguém conseguiu pará-lo no peso leve. Fulminante, Chueng pegou as costas Vinícius Pereira e travou o adversário. Em seguida, Natan, que já vencia por 6 a 0, estrangulou Vinícius para boletar a medalha de ouro.

Natan Chueng conquistou o peso leve do Sul-Americano 2022. Foto: divulgação/CBJJ

Lucas Protasio precisou de menos de dois minutos na final para confirmar o primeiro lugar no peso médio. O atleta da Checkmat ditava a tônica do duelo e encaixou um armlock sobre Elder Gomes, que foi desclassificado por sair da área de luta em situação de perigo real.

O peso meio-pesado foi decidido no detalhe. Na decisão da categoria, Leon Brito superou Reyson Neves por uma vantagem, após o empate por 0 a 0 nos pontos. Dono de uma guarda perigosa, Leon conquistou a vantagem ao encaixar uma chave de braço. Diante da necessidade de reverter a diferença, Reyson tentou passar a guarda do oponente, mas teve as investidas rechaçadas.

Leandro Santos e Gabriel Oliveira protagonizaram uma das finais mais emocionantes do campeonato. Em confronto bem equilibrado, Leandro saiu atrás no placar quando Gabriel conseguiu a raspagem, mas manteve o ímpeto para virar o combate. Nos segundos finais, o representante da Frates Jiu-Jitsu tramou uma bela raspagem da guarda X e garantiu o ouro.

Rider Zuchi levou o ouro no superpesado após fechar a final com Luis Fernando de Oliveira.

Entre os pesadíssimos, Wallace Costa se tornou o campeão. O atleta da GF Team bateu Jacson Ferreira por 2 a 0, em luta travada. Wallace conquistou os pontos, já que Jacson sofreu três punições por falta de combatividade. Mesmo por cima na meia-guarda, Ferreira não foi produtivo e viu o adversário segurar o ouro.

Confira os resultados completos do Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jitsu 2022, aqui.

 

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.