Mikey Musumeci se prepara para “maior luta da vida” no One FC

Share it

Mikey Musumeci e Cleber Clandestino se enfrentam em superluta de grappling. Foto: Divulgação/One Championship

O One Championship está investindo alto no grappling e no Jiu-Jitsu, e se prepara para conhecer seu primeiro detentor de cinturão, nesta sexta 30 de setembro.

O duelo será entre o craque brasileiro Cleber “Clandestino” Sousa contra o americano campeão mundial pela IBJJF Mikey Musumeci, pelo título peso-mosca. O embate será uma espécie de desempate, já que os dois já se enfrentaram em duas oportunidades, com uma vitória para cada.

“Lutamos pela primeira vez no Pan de 2017. Empatamos no tempo normal e o árbitro me deu a vitória”, recorda Clandestino. “Eu estava nervoso e ao mesmo tempo ansioso, mas lutei para a frente, atacando muito e defendendo todos os ataques dele. Na segunda vez, no World Pro em Abu Dhabi, também em 2017, ele me ganhou por pontos. Agora teremos o desfecho da trilogia. Estou me dedicando muito aos treinos e sei que sou merecedor. Acho que não tem como dizer quem tem o melhor Jiu-Jitsu, pois cada um tem o seu estilo e estratégia. Ainda mais na faixa-preta, onde nível é sempre muito alto e as lutas costumam ser decididas no detalhe”.

Mikey Musumeci vibra após vitória no One FC. Foto: Divulgação/One Championship

A derrota para o brasileiro foi a última do fenômeno americano no peso-pluma. No mesmo ano em que enfrentou Cleber em duas oportunidades, ele conquistou o seu primeiro título mundial na faixa-preta, e repetiu o feito em 2018, 2019 e 2021 (em 2020 o Mundial não foi realizado em razão da pandemia). Musumeci acredita que a derrota para o brasileiro foi a grande virada de chave da sua carreira.

“Aquela derrota me ajudou muito. E eu sou grato por isso. Sou grato ao Cleber. Eu competi com ele no mês seguinte e venci. Após a vitória eu fui até ele e disse: ‘Ei obrigado pela luta no mês passado. Você me venceu, e agora eu venci você, então nós dois estamos ajudando um ao outro a melhorar’. É por isso que eu gosto de competir, ganhando ou perdendo. Estou apenas trabalhando para melhorar e ele me ajudou a chegar a outro nível no Jiu-Jitsu”, declarou Musumeci.

Cinco anos após o primeiro duelo, os dois terão muito mais do que a chance de desempatar o confronto. O cinturão do One Championship pode levá-los a outro nível no esporte, uma vez que o evento é transmitido em mais de 150 países e, em 2021, bateu recorde de visualizações orgânicas em suas mídias sociais. Foram mais de 13,8 bilhões de visualizações ao somar Facebook, Instagram, YouTube e Tik Tok. Além disso, o evento desta sexta-feira será exibido pela plataforma da Amazon Prime nos Estados Unidos.

“Sem dúvida, conquistar esse título seria o auge da minha carreira e mudaria a minha vida profissional e pessoal. Depois de tudo o que passei na vida, seria a realização de um sonho”, avaliou Cleber.

“Essa luta vai ser a maior de toda a minha carreira no Jiu-Jitsu”, reforçou Musumeci. “Será a primeira luta da história pelo cinturão do One no grappling, será um título de enorme prestígio para um lutador de Jiu-Jitsu e estou muito honrado e animado por fazer parte disso”.

 

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.