3 motivos para você treinar Jiu-Jitsu sem o kimono, por Luiz Dias

Share it

Professor Luiz Dias (de cinza) em meio a amigos e alunos do surfe, na Costa Rica. Foto: Acervo Pessoal

Na sua academia há um dia reservado para o estudo do Jiu-Jitsu sem o pano?

Se sim, agradeça. Apesar de muitos e muitos praticantes torcerem o nariz para os treininhos sem kimono, o estudo desse aspecto da arte marcial pode ser fundamental para sua evolução como artista marcial.

Quem aposta nisso é o professor Luiz Dias, líder da equipe GAS Jiu-Jitsu, nossa GMI em Laranjeiras, Rio de Janeiro. “Jiu-Jitsu com kimono é xadrez, sem kimono é damas”, disse certa vez mestre Relson Gracie. Luiz concorda, o que não impede que o bom e velho joguinho de damas nos tatames traga muitos benefícios para quem treina.

A seguir, o professor Luiz Dias lista três motivos fortes para você perder a desconfiança com a luta agarrada sem o paletó de kimono, e com isso progredir ainda mais na academia. Oss!

1. “Treinar sem kimono é uma forma de reciclar o seu Jiu Jitsu. Quem treina acaba por cair na armadilha da tal da zona de conforto, que causa estagnação, desaceleração do progresso técnico, desmotivação e até involução técnica. Se você está treinando bem com seus companheiros, você automaticamente pensa que está tudo certo, o que mina a vontade de treinar outros fundamentos e progredir. Ao treinar sem kimono, você vai perceber na hora que suas finalizações preferidas não funcionam como antes, e carecem de adaptações. Você ainda vai precisar buscar outros ataques e defesas sem a firmeza do pano. E seu Jiu-Jitsu só vai agradecer.”

2. “Jiu-Jitsu é topar novos desafios. Permita-se a arriscar sem o pano. Ao treinar sem o kimono, você vai perceber como o treino acelera e exige mais atenção, a começar pelas suas pegadas, base e posicionamentos em geral. Treinar sem o paletó vai proporcionar um gás excelente, duplicado pelo giro muito maior na movimentação e na decorrente exigência aeróbica. Comece devagar, e aos poucos você vai sentir tais benefícios.”

3. “O treino sem pano abre a sua mente para a luta. Você volta obrigatoriamente a ter uma “mente de faixa-branca” ou de iniciante, já que várias das velhas pegadas não lhe servem. E o melhor: você não vai perder suas posições mais fortes, vai apenas incorporar novidades, adaptações e compreensões acerca de conceitos como distribuição de peso, alavanca, chaves, defesas e reposições. Lembre-se: a vontade de aprender deve ser constante.”

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.