UFC 127: Sotiropoulos entre os prediletos de Dana White no Jiu-Jitsu

Share it

Sotiropoulos contra Kurt Pellegrino. Foto: Josh Hedges.

Numa série de oito triunfos, sete deles no Ultimate, o australiano George Sotiropoulos é um dos mais aguardados pelo público em Sydney, no UFC 127, neste sábado. Casca-grossa no chão, com oito finalizações em 14 vitórias (duas derrotas), Sotiropoulos, que encara o também finalizador Dennis Siver (nove), costuma variar posições que vão da omoplata ao tradicional mata-leão.

A luta promete bastante técnica no solo e George terá de se aplicar no quesito para agradar o seu público. Entre os fãs do Jiu-Jitsu do Australiano está nada menos que Dana White, presidente do UFC, que elogiou o lutador em recente conversa com o GRACIEMAG.com. Sotiropoulos diz ter tudo para corresponder às expectativas:

“Uma semana eu fazia Jiu-Jitsu, nas outras wrestling, boxe e então o MMA, e de volta para o Jiu-Jitsu. Essa mentalidade sempre me manteve bem e me deu o objetivo de olhar em frente e estar sempre preparado. Essa mentalidade te dá algo para buscar todos os dias e é isso que eu amo fazer. Não me aceitaria fazendo outra coisa e, por isso, estou motivado todos os dias. Quero ser um lutador completo e acho que estou dando os passos para ser assim”, comenta a fera no site do UFC.

Muitos gostariam de vê-lo pelo cinturão, hoje com Frankie Edgar. O australiano prefere aguardar o seu momento.

“É bem-vinda (a luta com Siver) e acho que será um grande embate. Ele é tão perigoso quanto qualquer um que lutei e estou levando muito a sério. Ele tem muitas ameaças em seu jogo e algumas vitórias notáveis no currículo”, diz.

“A luta pelo cinturão não é o que está sendo oferecido para mim agora. Dennis Siver está sendo oferecido, é o que está na minha frente e é com isso que tenho que lidar. Basicamente, temos que trabalhar o caminho para disputar o título e vencer todos que estão na frente. Se não fizermos isso, então não merecemos. A disputa pelo título significa vencer todos, seja em um torneio ou subindo a escada. Você tem que definir as metas e alcançá-las. Agora a meta é bater Dennis Siver”, encerra.

Quer ver a fera em ação, e de kimono? Então confira a luta contra Naoya Uematsu, com direito a Ricardo de La Riva de juiz:

Confira o card completo:

UFC 127
Sydney, Austrália
Dia 27 de fevereiro de 2011

Jon Fitch x B.J. Penn
Michael Bisping x
Jorge Rivera
Dennis Siver x George Sotiropoulos
Chris Lytle x Brian Ebersole
Chris Camozzi x Kyle Noke
Spencer Fisher x Ross Pearson
Alexander Gustafsson x James Te Huna
Riki Fukuda x Nick Ring
Jason Reinhardt x Tiequan Zhang
Tom Blackledge x Anthony Perosh
Mark Hunt x Chris Tuchscherer
Maciej Jewtuszko x Curt Warburton

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Flavio at 10:06 am

    casca grossa esse australiano!!!! ruim de chão que dói, chegou nas costas várias vezes e ainda sem o adversário defender o pescoço e não finalizou, esse é o jiu-jitsu ultimamente pelo mundo qualquer um é faixa-preta, no máximo uma azul para ele, na minha academia tem azul que o mata. o japinha quedou ele à vontade.

  2. Carlos Eduardo Ozório at 11:35 am

    Flavio, com todo o respeito, o cara é bom de chão sim. Assista às lutas dele no UFC e vai ver que ele usa um Jiu-Jitsu muito eficiente no MMA. Quanto a perder as posições, lembre-se que do outro lado também há um lutador que muitas vezes sabe se defender e escapar do perigo…

  3. little at 11:40 am

    Gosto das lutas desse desse satiropoulos no ufc. legal ver um cara que nem e brasileiro e costuma usar o jj muito bem nas lutas. o erro de muita gente aqui no brasil é achar q todo o resto é otário… quero ver fazer campeão mundial e atleta com sete invictas no ufc.

Leave a Reply to Carlos Eduardo Ozório Cancel comment reply

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.