Rodrigo Cavalheiro recebe o cinturão do GP do Smash Fight. Foto: Divulgação/Alan Oliveira