Rodrigo Thiago: “Minha meta é transformar vidas”

Share it

Ajoelhado ao lado de Fabio Gurgel, Rodrigo Thiago lidera a Alliance Rio de Janeiro. Foto: Reprodução

Uma das equipes mais tradicionais do Jiu-Jitsu, a Alliance Rio de Janeiro, sediada no Leblon, está sob nova liderança desde setembro do ano passado. Quem assumiu o comando foi o faixa-preta quarto grau Rodrigo Thiago, de 47 anos e aluno de Alexandre “Gigi” Paiva. Além de ministrar aulas de Jiu-Jitsu, Thiago também se dedica à prática de outros esportes que tem como hobby, caso do surfe e do skate.

Em bate-papo com a equipe do GRACIEMAG.com, Rodrigo Thiago comentou os desafios que um atleta precisa superar para ser um campeão no Jiu-Jitsu e listou benefícios de técnicas do Jiu-Jitsu para a prática do surf e skate.

GRACIEMAG: Como começou a sua história no Jiu-Jitsu?

RODRIGO THIAGO: Comecei a treinar Jiu-Jitsu na escola do Paulo Mauricio Strauch, em Copacabana, numa sala que ficava no terceiro andar de um prédio da rua Djalma Urich. Nessa época, eu tinha 10 anos. Até que meus pais se separaram e eu me mudei para o interior de São Paulo. Voltei ao Rio aos 17 anos e retornei para a Strauch. Quando estava na faixa-roxa, aos 23 anos, comecei a treinar com o “Gigi” na Alliance, no Leblon, e hoje estou à frente da academia.

Quais foram as lições mais importantes que o Jiu-Jitsu te ensinou?

A principal lição é que vamos perder muito até chegar a vez de ganhar, e está tudo bem. No entanto, se você tiver resiliência, conseguirá descobrir o quanto o Jiu-Jitsu vai influenciar positivamente nas suas vidas pessoal e profissional. Não tenho dúvidas de que o Jiu-Jitsu transforma pessoas, e essa é minha maior meta, formar pessoas melhores por meio do esporte.

Com qual ídolo do Jiu-Jitsu você mais aprendeu?

Tive a oportunidade de treinar e conviver com muitas lendas do nosso esporte desde a década de 1990 e sou muito grato por isso. Mas, sem dúvida nenhuma, no meio do Jiu-Jitsu, foi o “Gigi” quem transformou meu jogo. Se me tornei o professor e atleta que sou, foi graças aos amassos e surras que tomei dele, e agradeço por cada uma delas.

Quais são os requisitos para um atleta se tornar campeão?

Para um atleta ser campeão no Jiu-Jitsu, primeiramente, ele precisa abrir mão de tudo para viver em prol do esporte. Quando eu digo abdicar de tudo, não é exagero. Muitos falam que querem, porém, eles não estão dispostos a pagar o preço para isso, já vi tantos casos desse tipo. Porém, muitos passaram e realmente conquistaram muitos títulos. Porém, existe um outro fator: ser campeão, às vezes, não garante o sucesso no Jiu-Jitsu.

O que diferencia a Alliance das demais equipes?

Sem dúvidas, os diferenciais da Alliance são a metodologia e organização da escola. São por esses motivos que a equipe está nesse patamar tão exemplar e elevado.

Algum aspecto do Jiu-Jitsu te ajudou a melhorar seu desempenho no surf e no skate?

O Jiu-Jitsu te ensina a ficar confortável nas piores situações, então quando eu tomo aquela pressão das ondas no surf, relaxo e respiro. O Jiu-Jitsu me ajudou a controlar a sensação de desconforto. Em relação ao skate, o aprendizado foi aprender a cair sem se machucar (risos).

 

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.