Gabi Pessanha e Preguiça assumem os tronos absolutos

Share it

Foi o Campeonato Mundial da nova geração, com algumas despedidas e eletrizantes passagens de bastão.

Sem Marcus Buchecha, agora no MMA, o caminho para o trono absoluto masculino estava aberto.

No feminino, a passagem de bastão mais emocionante: Gabi Garcia deixou sua faixa nos tatames, para simbolizar sua aposentadoria do grandioso evento da IBJJF.

Antes, porém, Gabi passou maus bocados nas mãos das novatas Yara Soares e Gabi Pessanha, as jovens rivais da categoria superpesado. Elas venceram Garcia com estilo, Yara ao finalizá-la primeiro, com um estrangulamento lateral, durante o absoluto, e Pessanha depois, ao abrir 16 a 0 e estrangular pelas costas, na semifinal do peso. Aos 36, Gabi Garcia se despediu com dois bronzes, aplausos e muitas lágrimas.

Yara e Gabi Pessanha foram, não por acaso, as finalistas do absoluto. Carioca da Cidade de Deus, Gabi venceu a arquirrival capixaba por 8 a 4, em luta eletrizante. No peso, Gabi venceu Yara também, por 2 a 0.

No masculino, os jovens cometas também passaram com estrondo.

Mikey Musumeci pegou as costas e não deu chances a Bruno Malfacine na disputa do ouro dos galos. No pluma, Diego Pato foi o grande nome, com um katagatame na final. No peso-pena, Fabricio Takaka chegou chegando, e fez o americano Shane batucar com um triângulo indefensável.

No peso médio, o campeão Tainan Dalpra fez algumas das lutas mais eletrizantes do campeonato. Sete anos mais novo, Gabriel Batista eliminou Leandro Lo, de 32 anos, no peso meio-pesado, na semifinal. E ainda tivemos Erich Munis, que não errou e venceu Felipe Preguiça e Fellipe Andrew no superpesado.

O brilho do evento acabou ofuscado pela falta da final do absoluto. Na semifinal pesadíssimo, Nicholas Meregali se irritou com alguém fora dos tatames, mostrou o dedo do meio e foi desclassificado. Ele faria a aguardada final com Felipe Preguiça, após um sábado de luxo dos dois atletas.

Ao ser anunciado vencedor, Felipe Preguiça também deixou sua faixa-preta estendida no tatame. Aos 30 anos, o mineiro decidiu que sua missão nos Mundiais está completa.

Gabi Pessanha eliminou Bia Mesquita em luta emocionante, na semifinal do absoluto, no sábado.

Confira a seguir os resultados finais do 25º Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF, em 2021, em Anaheim, Califórnia.

Peso-galo:

FINAL: Mikey Musumeci venceu Bruno Malfacine por 6 a 0 (raspagem + costas)

Semifinais:
Mikey Musumeci finalizou Jonas Andrade na chave de pé
Bruno venceu Rodnei por 2 vantagens (2 a 2 nas raspagens)

Quartas de final:

Jonas Andrade venceu Tomoyuki Hahimoto
Mikey Musumeci venceu Bebeto Oliveira
Bruno Malfacine venceu Thalison Soares na decisão (0 a 0)
Rodnei Barbosa venceu Roiter Lima por 8 a 6

Peso-pluma:

FINAL: Diego “Pato” Batista finalizou Malachi Edmond no katagatame da montada

Semifinal:
Diego Pato venceu Meyram Maquine
Malachi Edmond venceu Rene Lopez por 1 vantagem

Quartas:
Diego “Pato” Oliveira venceu Yuta Shimada por 4 a 2
Meyram Maquine venceu Willis Nunes
Rene Lopez venceu Ram Andana
Malachi Edmond venceu Pedro Dias

Peso-pena:

FINAL: Fabricio “Takaka” Andrey finalizou Shane Jamil Hill-Taylor no triângulo com 1min30s de luta

Semifinais
Fabricio Andrey venceu Alex Sodré por 2 vantagens (0 a 0)
Shane Jamil Hill-Taylor venceu Raimundo Diego por 4 a 2

Quartas
Alexssandro Sodré venceu Isaac Doederlein
Fabricio Andrey venceu Richar Nogueira
Shane Jamil Hill-Taylor venceu Kennedy Maciel por 1 punição (0 a 0)
Raimundo Diego venceu Osvaldo Queixinho

 

Fabricio e seu triângulo na final dos penas. Fotos: Tyy Withrow

Leve

FINAL: Renato Canuto ficou com o ouro ao fechar com Matheus Gabriel pela Checkmat

Semifinal:
Renato Canuto venceu Murilo Amaral por 2 a 0
Matheus Gabriel venceu Lucas Valente

Quartas:

Matheus Gabriel venceu Michael Liera Jr.
Lucas Valente venceu Marcio Andre na decisão
Murilo Amaral venceu Johnatha Alves
Renato Canuto venceu Levi Jones-Leary por 3 a 0

Peso médio

FINAL: Tainan Dalpra venceu Isaque Bahiense por 8 a 6 (raspagens até o fim)

Semifinais:
Isaque Bahiense venceu Jonnatas Gracie
Tainan Dalpra finalizou Tommy Langaker nas costas

Quartas de final:

Isaque Bahiense venceu Jackson Nagai
Jonnatas Gracie venceu Leo Lara
Tommy Langaker finalizou Jaime Canuto no triângulo da montada
Tainan Dalpra venceu Ronaldo Junior por 8 a 4

Meio-pesado:

Final: Gustavo Batista ficou com o ouro ao fechar com Lucas Hulk

Semifinais:

Quartas:
Lucas “Hulk” Barbosa venceu Fabio Alano
Andre Porfirio venceu Murilo Santana
Gustavo Batista finalizou Ruan Oliveira na chave de braço
Leandro Lo venceu Otavio Sousa na vantagem

Pesado:
Final: Kaynan Duarte estrangulou Luan Azevedo pelas costas em 2min20s

Semifinais:
Kaynan venceu Gabriel na decisão dos árbitros (2 a 2)
Luan Azevedo venceu Dimitrius Souza

Quartas:

Dimitrius Souza venceu Filipe Pinheiro
Luan Azevedo eliminou Rider Zuchi
Kaynan Duarte finalizou Helton Junior no estrangulamento pelas costas
Gabriel Oliveira venceu Matheus Godoy

Superpesado:

Final: Erich Munis venceu Fellipe Andrew por 7 vantagens a 2 (4 a 4 em pontos)

Semifinal:
Erich Munis venceu Felipe Preguiça por 4 a 2 (raspagens)
Fellipe Andrew venceu Devhonte Johnson

Quartas:
Fellipe Andrew venceu Marcelo Gomide
Devhonte Johnson venceu Fellipe Trovo
Erich Munis abriu 11 a 0 em Joshua Guerra e finalizou no triângulo
Felipe Pena botou Harryson Perreira para dormir no estrangulamento

Pesadíssimo:

Final: Victor Hugo finalizou Max Gimenis na chave de pé

Semifinais:
Victor Hugo passou por Nicholas Meregali por desclassificação (Meregali havia vencido nas vantagens mas mostrou o dedo do meio para um torcedor durante a luta)
Max Gimenis venceu Igor Tigrão por 6 a 0

Quartas:
Nicholas Meregali finalizou Roberto “Cyborg” Abreu no estrangulamento de gola
Victor Hugo finalizou Wallace Costa no pescoço
Igor “Tigrão” Schneider venceu Antonio Zuazo por 20 a 0
Max Gimenis venceu Luiz Panza nas vantagens

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.