ADCC 2022: Gabi Garcia de olho no recorde de Marcelinho Garcia

Share it

Foto: Divulgação/ADCC

Maior evento de grappling do mundo, o ADCC será disputado neste fim de semana, nos dias 17 e 18 de setembro, em Las Vegas. Realizado pela última vez em 2019, o torneio contabiliza 97 atletas inscritos nesta edição e conta com um dos duelos mais aguardados do momento. Atual ouro duplo da competição, o americano Gordon Ryan medirá forças com o brasileiro André Galvão na superluta.

Gordon Ryan pretende acabar com a hegemonia de André Galvão no ADCC. O pupilo de John Danaher, no auge dos seus 27 anos, vive ótima fase nos tatames e conseguiu triunfos sobre Pedro Marinho e o arquirrival Felipe Preguiça nos últimos meses. Por outro lado, Galvão fez seu último teste em março deste ano, quando empatou com o holandês Reinier de Ridder, em combate de grappling promovido pelo One Championship.

Uma possível vitória de Ryan sobre Galvão representaria uma sucessão do trono. Afinal, André é o nome a ser batido. Aos 39 anos, Galvão defenderá o cinturão da superluta pela quarta vez. Campeão peso e absoluto do torneio em 2011, o líder da Atos assumiu o posto em 2013, quando finalizou Braulio Estima. De lá para cá, o veterano derrotou em sequência Roberto Cyborg, Claudio Calasans e Felipe Preguiça nas edições anteriores. Dono de um jogo ofensivo e finalizador, o impetuoso americano tentará acabar com o longevo reinado do adversário.

Ao todo, seis dos sete atuais campeões estão confirmados no ADCC 2022. O único que ficou fora desta edição foi o veterano Augusto Tanquinho, vencedor da categoria até 66 kg. Já JT Torres, Matheus Diniz, Gordon Ryan, Kaynan Duarte, Bia Basilio e Gabi Garcia estarão presentes em Las Vegas a fim de repetir a façanha. Tetracampeã do evento, Gabi é a mulher com mais títulos na história do ADCC e ultrapassaria Marcelinho Garcia na liderança geral, caso vença neste ano.

Um ingrediente a mais para os fãs de grappling são as estreias de joias da nova geração no ADCC. Talentos como Mica Galvão, Diogo Reis, Fabricio Andrey, Cole Abate e Kade Ruotolo prometem acirrar a disputa pela medalha de ouro. Companheiros de equipe na Escola Melqui Galvão e melhores amigos, Diogo e Fabricio podem se enfrentar, já que estão confirmados na divisão até 66 kg. Forte candidato ao ouro na categoria até 77 kg, Mica, de 18 anos, pode se tornar o lutador mais jovem da história a vencer o ADCC. Diante do retrospecto vitorioso do manauara, não há como duvidar do possível feito.

Se há novatos que pretendem entrar para história, os veteranos do Jiu-Jitsu terão que provar que ainda estão em forma para conter o ímpeto dos mais jovens. Casos dos experientes, Xande Ribeiro, Vagner Rocha, Josh Hinger, Rafael Lovato Jr, Yuri Simões, Orlando Sanchez e Roberto Cyborg.

Não há como ser diferente. Depois de três anos de espera, o ADCC está de volta com promessa de disputas acirradas e a definição do reinado do grappling. André Galvão ou Gordon Ryan? Apenas um destes sairá com o cinturão, ou melhor, com a coroa, após a superluta.

Clique no link abaixo para conferir a lista completa dos atletas confirmados no ADCC 2022:

https://adcombat.com/adcc-worlds-2022-competitors-list/

 

 

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.