O bravo "Lalau" e seu mestre, Givanildo Santana. Foto: Acervo Pessoal.