Jair Lourenço e Dedé com o Prêmio Osvaldo Paquetá. Foto: Welington Borges