O crescimento das turmas femininas na escola Gracie Barra é um sinal de que as mulheres estão trocando o papel de espectadoras de lutas para o de praticante. Foto: Divulgação

O crescimento das turmas femininas na escola Gracie Barra é um sinal de que as mulheres estão trocando o papel de espectadoras de lutas para o de praticante. Foto: Divulgação