Confira os destaques inscritos no Abu Dhabi World Pro 2021

Share it

Foto: Ane Nunes/AJP

O 13º Abu Dhabi World Pro Jiu-Jitsu Championship está em andamento na Jiu Jitsu Arena, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. As lutas principais começam nesta quarta-feira, dia 17 de novembro, com o início do divisão de faixas-pretas categoria adulto.

Com todos os nomes confirmados em cada divisão de peso, podemos olhar para as chaves e ver quem luta pela medalha de ouro.  Confira!

Masculino

56kg – O atual campeão Jonas Andrade quer manter o título. Vai ser uma tarefa difícil, já que a seletiva brasileira certamente colocará um grande nome no caminho de Jonas para o ouro. Thalison Soares, Rodnei Junior, Johnif Rocha e Kalel Santos querem uma vaga na chave principal.

62kg – O campeão atual Diego “Pato” Batista terá que lutar para sair da seletiva brasileira e conquistar uma vaga na chave principal. Diogo Reis será com certeza o maior obstáculo de Batista. Meyran Maquiné e Lucas Pinheiro também estão nesta disputa. De volta à chave principal, Hiago George, Alexis Alducin e Girogi Razmadze querem criar problemas para todos os adversários.

69kg – Outro atual campeão na seletiva brasileira, Israel Almeida, terá um trabalho duro para defender o título. Thiago Macedo, Leonardo “Cascão” Saggioro, Caio Silva e Pablo Dutra prometem tornar o dia de Israel ainda mais difícil. De volta à chave principal, o argentino Pablo Lavaselli desceu uma categoria de peso para disputar sua segunda medalha de ouro no ADWPJJC.

77kg – Com o campeão da 12ª edição, Pablo Lavaselli, na categoria 69kg, a divisão está aberta. O sueco Max Lindblad, o australiano Levi Jones-Leary, o norueguês Espen Mathiesen (campeão de 2018) e o norte-americano Michael Liera Jr aguardam o vencedor da seletiva brasileira, que pode ser Mica Galvão, Ygor Rodrigues ou Adriano Araujo, entre outros.

85kg – Isaque Bahiense é mais um campeão da 12ª edição que precisará percorrer um longo caminho para defender o título. Na seletiva brasileira, Isaque terá que superar grandes nomes como Catriel Rodrigues, Claudio Calasans Jr e Guthierry Barbosa. Na chave principal, Tommy Langaker (campeão 2019), Nathan Chueng, Lucas Gualberto e Felipe Dias disputam a medalha de ouro.

94kg – O atual campeão Adam Wardzinski terá a luta da sua vida para defender o título. Erich Munis quer seu lugar. Para piorar, a seletiva brasileira conta com nomes como Anderson Munis, Renato Cardoso, Matheus Xavier e o tricampeão do ADWPJJC Felipe Preguiça.

120kg – Vamos ser honestos, a chave brasileira é mais dura que a chave principal. O atual campeão, Gutemberg Pereira, terá de escalar uma montanha para conseguir uma vaga na quinta-feira. Wallace Costa, Antonio Peinado, Igor Silva, Ricardo Evangelista e Nicholas Meregali são alguns dos grandes nomes no caminho de Gutemberg.

Foto: Ane Nunes/AJP

Adulto Faixa Marrom/Preta

Feminino

49kg – Brenda Larissa quer continuar campeã, mas não vai ser fácil. Eliana Carauni, da Argentina, é uma grande candidata, assim como a italiana Serena Gabrieli. Para piorar, a seletiva brasileira conta com Isadora Maggioni, Vanderlucia Barbosa, Tatiane Nunes e Diana Teixeira.

55kg – A campeã da 12ª edição Bianca Basilio quer sua quarta medalha de ouro no ADWPJJC. A jornada de Bia começa na seletiva brasileira. Já na chave principal, Basílio terá que enfrentar adversárias difíceis como Liisi Vaht, Amal Amjahid, Alexa Yanes e Ana Rodrigues.

62kg – Bia Mesquita vem atrás da 7ª medalha de ouro no ADWPJJC. Assim como na 12ª edição, Bia está na seletiva brasileira. Larissa Paes também está lá. Na chave principal, também estão a italiana Margot Ciccarelli, a jordaniana Yara Kakish e a brasileira Julia Alves.

70kg – A campeã da 12ª edição Julia Boscher está fora, deixando a categoria aberta. Izadora Silva, Rafaela Bertolot, Larissa de Almeida e Amanda Hening vão batalhar na seletiva brasileira. Na chave principal, Ingridd Sousa, Buyandelger Battsogt, Magdalena Loska vão dificultar as coisas para todas as oponentes.

95kg – A brasileira Gabrieli Pessanha provavelmente terá o trabalho mais difícil para se manter no topo. Na seletiva Brasileira, Gabi encara ninguém menos que a bicampeã do ADWPJJC Tayane Porfírio, fazendo um grande retorno ao cenário competitivo. De volta à chave principal, Yara Soares aguarda ao lado de Katiuscia Dias e Claire-France Thevenon.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.