Rickson explica qual é a faixa mais difícil de conquistar no Jiu-Jitsu

Share it
Rickson Gracie mostra suas técnicas no seu seminário, no Rio. Foto: Carlos Ozório

Rickson Gracie explica seu entendimento sobre a faixa mais dificil do Jiu-Jitsu. Foto: Carlos Ozório

Faixa-coral de Jiu-Jitsu e lenda no esporte, tanto de kimono quanto no MMA, Rickson Gracie é uma daquelas pessoas que fica difícil discutir. Com inúmeros títulos e algumas batalhas épicas que não chegaram a valer medalhas, ele construiu uma base sólida na arte suave e seu entendimento do meio se tornou referência.

Em um de seus papos, Rickson revelou qual seria, em sua opinião, a faixa mais difícil de ganhar no Jiu-Jitsu. Se você achou que é a faixa-preta, errou de longe.

Para o Gracie, a  faixa-azul é uma das mais complicadas de se conquistar. Segundo ele, a mudança da faixa-branca para a azul consiste não só na assiduidade do atleta na academia, mas sim na base que ele construiu durante sua jornada.

“Na faixa-branca você não tem muita ideia”, explica o mestre. “Lá você começa a criar seus reflexos e seu entendimento do jogo. Para se tornar faixa-azul, você precisa saber de tudo do esporte. Você já sabe montar, estrangular, chaves de braço e escapar do aperto. Já sentiu a pressão dos adversários, consegue durar mais nos treinos e sabe como respirar devidamente. Você já se tornou uma criatura do Jiu-Jitsu.”

Com esse conhecimento de causa, Rickson defende que o atleta se torna apto a vestir a faixa-azul. A partir deste ponto, o atleta tem tudo para seguir seu caminho até a faixa-preta. O que o atleta precisa daí em diante se chama perseverança para aprimorar sua técnica.

“O que falta ao atleta depois da faixa-azul é a prática e os reflexos. Ele tem tudo que precisa até a faixa-preta, só precisa manter a constância”, explica Rickson.

E para você, amigo leitor, a faixa-azul é de fato o marco que torna uma pessoa comum numa criatura do Jiu-Jitsu? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article