Cavaca e o Jiu-Jitsu como ferramenta para mudar o mundo

Share it

Confira a filosofia que Cavaca leva a seus alunos na Zenith. Foto: Arquivos Graciemag

Além de sua eficiência e das infinitas possibilidades que proporciona durante um combate, o Jiu-Jitsu é também reconhecido pela disciplina que prega a seus praticantes. Rodrigo Cavaca, nosso GMI e líder da Zenith, reconhece a importância desse comportamento e acredita que ele é fundamental no aprendizado da arte suave e no esforço para moldar um mundo melhor.

“Quando as pessoas chegam a minha academia, digo que meu objetivo é invadir a casa e o trabalho de cada um”, conta Rodrigo. “Minha intenção não é ser invasivo, mas associar ambientes nos quais você se sente confortável à academia. Faço isso porque entendo que o seu nível de conforto no tatame influencia a maneira como você treina e se desenvolve.”

Com essa associação, Cavaca afirma que é possível moldar uma estratégia de ensino mais personalizada, na qual trabalha não só a técnica, mas a disciplina dentro e fora dos tatames, de forma a corrigir pontos negativos e ampliar os positivos. Com seus defeitos trabalhados e as virtudes potencializadas, o aluno passa a influenciar seus semelhantes com o comportamento que poliu na academia.

“O Jiu-Jitsu tem o poder de mudar o mundo. Quem realmente vive a essência da arte marcial, recebe valores e princípios todos os dias. Isso faz com que a pessoa seja melhor a cada dia que passa. No contato com pessoas próximas, praticantes ou não, ele passa a replicar seus ensinamentos e espalhar a mensagem que aprendeu no tatame. Com isso, nós podemos alcançar o mundo inteiro.”

graciemag_assine_barra

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *