Ryan Bader supera Ovince St-Preux e brasileiros vencem no UFC em Maine

Share it
Um das várias quedas de Bader em St-Preux na luta principal do UFC. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

Uma das várias quedas de Bader em St-Preux na luta principal do UFC. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

O UFC Fight Night apresentou a 47° edição do UFC Fight Night em Maine, nos EUA, e trouxe grandes lutas para os fãs presentes no Cross Insurance Center, no último sábado, dia 16 de agosto. Na luta principal, Ryan Bader mostrou gás e estratégia em dia para para vencer Ovince St-Preux na decisão.

Antes, no co-evento principal Ross Pearson carimbou mais uma vez o queixo de Gray Maynard para levar o combate por nocaute técnico e complicar vida do compatriota no Ultimate.

Nas duas participações de brasileiros no cage, duas vitórias. Uma com o mata-leão de Thiago Tavares sobre Robbie Peralta na divisão peso-pena e Jussier Formiga superando Zach Makovsky na decisão unânime. Confira os destaques:

Com bom jogo de quedas, Bader supera St-Preux

Na luta principal do evento, Ryan Bader enfrentou o embalado Ovince St-Preux na divisão meio-pesado do Ultimate. O combate foi ditado pela guarda baixa e as fintas de St-Preux e a cautela de Bader. Porém, apesar do ar de superioridade de Ovince, Bader foi quem ditou o ritmo da luta.

Com um ótimo trabalho de quedas e controle por cima no solo, Bader administrou praticamente os cinco assalto da luta, dando poucas chances para St-Preux de trabalhar seu potentes golpes na trocação.

No fim das contas, vitória para Bader na decisão unânime dos jurados e um balde de água fria na sequência vitoriosa de Ovince, que ainda não sabia o que era sofrer um revés no Ultimate.

Pearson desmonta Maynard em forte sequência

Pearson mostrou o poder de suas mãos mais uma vez. Maynard fica em situação complicada. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

Pearson mostrou o poder de suas mãos mais uma vez. Maynard fica em situação complicada. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

No co-evento principal, Ross Pearson encarou Gray Maynard em mais um duelo que prometia grandes emoções. Mas Pearson não quis se estender muito no cage e partiu para definir.

Desacreditado por vir de uma sequência de nocautes, Maynard não conseguiu mudar sua situação no UFC.

Após alguns momentos de duelo em pé, Pearson tratou de aplicar suas rápidas e potentes mãos em Maynard, que sacudiu e precisou apenas da confirmação para vir ao solo. Vitória por nocaute técnico para Ross Pearson e complicação para o futuro de Maynard na organização, já que este acumula quatro nocautes em suas cinco ultimas lutas.

Com veloz laçada no pescoço, Tavares finaliza Peralta

O estrangulamento vencedor de Thiago Tavares. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

O estrangulamento vencedor de Thiago Tavares. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

Para abrir o card principal, Thiago Tavares estreou na divisão peso-pena do UFC aos enfrentar Robbie Peralta em um dos combates mais aguardados da noite.

Mesmo estando rumando em novos mares no Ultimate, Tavares não deixou sua mudança de categoria afetar seu desempenho no cage e mostrou para Peralta seu principal dom na luta, o Jiu-Jitsu.

Levando o oponente para o solo, Thiago estabilizou nas costas e na montada, obrigando Peralta a ceder as costas novamente. Por trás, Tavares bateu e, no descuido de Peralta, passou o braço pelo pescoço do oponente e apertou no estrangulamento mão-com-mão no finzinho do primeiro assalto. Vitória e finalização no debute em peso-pena.

Formiga supera Makovsky e segue forte no peso-mosca

Formiga fez das costas de Makovsky sua morada no card preliminar. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

Formiga fez das costas de Makovsky sua morada no card preliminar. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

Fechando o card preliminar deste card, Jussier Formiga encarou Zack Makovsky em batalha na divisão peso-mosca. Jussier vinha de vitória sobre Scott Jorgensen por finalização e buscou o Jiu-Jitsu mais uma vez no cage.

No primeiro assalto, Jussier conseguiu controlar em pé e ainda na trocação segurar Zach pelas costas. Sem tentar a queda, Jussier buscou os ganchos. Zach tentou sacudir para derrubar o brasileiro, mas este se manteve firme, girou acrobaticamente e se manteve por trás, pontuando por ali.

No segunda etapa, mais uma vez a superioridade de Formiga foi evidente. Em mais uma tentativa de pegada nas costas, Formiga pontuou mas não conseguiu finalizar das costas de Zach. O americano ainda tentou uma reação no terceiro round, mas o brasileiro saiu na frente, venceu na decisão unânime dos jurados e fica mais próximo de uma disputa do cinturão até 57kg do Ultimate.

Confira os resultados completos:

UFC: Bader x St-Preux
Bangor, Maine – EUA
16 de agosto de 2014

Ryan Bader venceu Ovince St-Preux na decisão unânime dos jurados
Ross Pearson venceu Gray Maynard por nocaute técnico aos 1min35s do R2
Tim Boetsch venceu Brad Tavares por nocaute técnico aos 3min18s do R2
Alan Jouban nocauteou Seth Baczynski aos 4min23 do R1
Shawn Jordan venceu Jack May por nocaute técnico aos 2min03s do R3
Thiago Tavares finalizou Robbie Peralta no estrangulamento aos 4min27s do R1

Card preliminar

Jussier Formiga venceu Zack Makovsky na decisão unânime dos jurados
Sara McMann venceu Lauren Murphy na decisão dividida dos jurados
Tom Watson venceu Sam Alvey na decisão unânime dos jurados
Frankie Saenz venceu Nolan Ticman na decisão unânime dos jurados

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *