Confira os resultados, em tempo real, do UFC 173: Barão x Dillashaw

Share it

UFC 173
Las Vegas, Nevada
24 de maio de 2014

TJ Dillashaw venceu Renan Barão por nocaute técnico aos 2min26s do R5
Daniel Cormier finalizou Dan Henderon no mata-leão aos 3min53s do R3
Robbie Lawler venceu Jake Ellenberger por nocaute técnico aos 3min06s do R3
Takeya Mizugaki venceu Francisco Rivera na decisão unânime dos jurados
James Krause venceu Jamie Varner por nocaute técnico (lesão) aos 5min do R1

Card preliminar

Michael Chiesa venceu Francisco Massaranduba na decisão unânime dos jurados
Tony Ferguson nocauteou Katsunori Kikuno aos 4min06s do R1
Chris Holdsworth venceu Chico Camus na decisão unânime dos jurados
Mitch Clarke finalizou Al Iaquinta no triângulo de mão aos 57s do R2
Vinc Pichel venceu Anthony Njokuani na decisão unânime dos jurados
Sam Sicilia venceu Aarom Phillips na decisão unânime dos jurados
Li JingLiang venceu David Michaud na decisão dividida dos jurados

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Flávio Prieto da Silva at 4:50 am

    Como brasileiro, fico revoltado ao ver como alguns árbitros americanos do UFC roubam nossos lutadores. Barão pediu pra parar a luta após levar uma dedada no olho do Dillashaw, Herb Dean fingiu que nem era com ele (não é a primeira vez que esse árbitro prejudica nossos lutadores) e deixou a luta seguir, com prejuízo sério pra o Barão. Ganhar com ajudinha do árbitro é desonesto. Outro árbitro que já nos roubou muito é o McCarthy, que fica de olho pra toda e qualquer falta dos brasileiros e lutadores de outras nacionalidades, mas faz vista grossa quando americanos e canadenses cometem faltas. Tem que dar uma chamada na organização do UFC sobre isso!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.