Astro de Hollywood recebe faixa-preta postumamente, Franjinha comenta

Share it
Franjinha e Paul Walker, astro de Hollywood.

Franjinha e Paul Walker, astro de Hollywood.

Astro da série “Velozes e furiosos”, Paul Walker morreu no dia 1 de dezembro, durante um assustador acidente de carro em Valencia, Califórnia, EUA. Paul era faixa-marrom quando faleceu.

Seu professor e amigo, Ricardo “Franjinha” Miller decidiu conceder ao ator a faixa-preta póstuma, numa homenagem bonita. E comentou a atitude, no site da escola de Jiu-Jitsu Paragon:

“Lembro que Paul entrou na minha academia e na minha vida em 2004. Era nossa academia antiga. Tínhamos um banheiro, nenhum chuveiro, e o espaço de tatame não era maior do que 65 metros quadrados. Eu não o reconheci quando ele chegou. Em parte, porque ele não se portava como estrela de cinema. Sem ego, mantinha o bom humor e tinha sempre o
sorriso engatilhado. Como a estrutura espartana da nossa escola, ele era simples e despretensioso. Nossa ligação foi além da dinâmica de aluno e professor. Tornamo-nos amigos depressa. Recentemente, Paul me levou a Montreal para acrescentar um toque pessoal às cenas de luta em seu filme ‘Brick Mansions’.

“Ele sempre queria mostrar o Jiu-Jitsu em seus filmes. Em lugar dos socos e chutes comuns em filmes de ação, ele queria usar seus filmes para divulgar o Jiu-Jitsu. Algumas das técnicas das nossas sessões de treino foram utilizadas na série ‘Velozes e Furiosos’. Paul dizia que ele não queria só ser conhecido pelos carros rápidos, queria ser
conhecido pelos carros e pelo Jiu-Jitsu. Ele queria ser um embaixador do Jiu-Jitsu. A sequência de ação dos seus sonhos era um estrangulamento arco e flecha. Ele até bolou um formato hollywoodiano para o golpe. Infelizmente, não houve tempo para usá-lo.

“Aos que criticam a homenagem, sinto na obrigação de lembrar que nosso Jiu-Jitsu não se resume a medalhas em torneios ou aplicação de golpes. Não é apenas estar ralando a bunda no tatame diariamente. É, sim, um comprometimento em relação à nossa arte, uma vontade de auxiliar quem necessita, uma vontade irresistível de estar sempre melhorando sua
alma até o dia de sua morte e, principalmente, evitar a estagnação nos becos e pecados que a vida botam no caminho.

“Na minha visão e no meu coração, Paul Walker é um faixa-preta in memorian da escola Paragon.

“Por fim, ainda lembro de uma das nossas primeiras conversas. Sentados de kimono no dojô, Paul, como qualquer faixa-branca, quis saber sobre como alguém se torna faixa-preta. Eu lhe disse que na Paragon nós não distribuímos faixas-pretas. Disse que não importava quem ele fosse, não receberia uma ‘faixa-preta de celebridade’. Ele adorou. Disse que
sabia que estava começando tarde, aos 31 anos, mas estava determinado a virar faixa-preta. E me disse: ‘Vou ganhar minha faixa-preta, nem que seja no caixão'”.

Ler matéria completa Read more
There are 40 comments for this article
  1. Regin Manoel at 2:25 pm

    discordo totalmente do mestre em questao.

    jiu-jitsu como qualquer esporte é feito na base da ralação mesmo!

    gostaria de ver esses gringos q sao preta, lutando com os pretas do brasil pra ver se num instantinho eles nao ficariam no maximo na azul…

  2. Tom Jovi at 2:27 pm

    Mais que merecido!!como atleta e como pessoa, ainda mais hoje em dia em uma sociedade de hipocrisia e status, uma pessoa humilde tem que ser sempre reverenciada..oss R.I.P Paul

  3. Tom Jovi at 2:27 pm

    Mais que merecido!!como atleta e como pessoa, ainda mais hoje em dia em uma sociedade de hipocrisia e status, uma pessoa humilde tem que ser sempre reverenciada..oss R.I.P Paul

  4. Junior Leal Guedes at 2:40 pm

    Concordo plenamente com o mestre Franjinha. Afinal, podemos sempre levar em conta a frase que diz que jiu jitsu não é só arte macial mas sim um estilo de vida, um caráter moldado pela arte suave é bem melhor do que qualquer outro caráter formado na base do "eu posso", "eu sou melhor". Humildade. OSS

  5. Junior Leal Guedes at 2:40 pm

    Concordo plenamente com o mestre Franjinha. Afinal, podemos sempre levar em conta a frase que diz que jiu jitsu não é só arte macial mas sim um estilo de vida, um caráter moldado pela arte suave é bem melhor do que qualquer outro caráter formado na base do "eu posso", "eu sou melhor". Humildade. OSS

  6. Thiago Moreira at 4:45 pm

    Bela Homenagem….que frase;

    Não é apenas estar ralando a bunda no tatame diariamente. É, sim, um comprometimento em relação à nossa arte, uma vontade de auxiliar quem necessita, uma vontade irresistível de estar sempre melhorando sua
    alma até o dia de sua morte e, principalmente, evitar a estagnação nos becos e pecados que a vida botam no caminho.

  7. Siqueira Marcell at 6:30 pm

    Vim saber que Helio disse isso agora, sempre falei por concordar com Bruce Lee, quando disse que a faixa é só uma tira da pano para segurar as calças…

  8. Gian Palmieri at 8:46 pm

    Quem rala pra caramba treinando sabe que faixa não é simplesmente para segurar a calça!!Naquela faixa vem sua dedicação, determinação, seu respeito ao mestre, irmãos de treino, a filosofia do seu esporte, seu suor!!Mestre Hélio disse isso em tom de brincadeira, mas tenho certeza que ele mais do que ninguém sabe o significado de uma faixa vermelha!!

  9. Cristiano Kaminishi at 3:59 am

    O cara tinha 40 anos de idadee era ator de Hollywood , nåo era lutador de campeonatos . O Jiu Jitsu nåo se resume a ganhar torneios . O cara fazia por hobby , pra adquirir um conhecimento da arte suave ! Mereceu sim receber a faixa preta mesmo depois de morto .

  10. Thiago Saldanha at 3:31 pm

    Só serve pra amarrar as calças porra nenhuma. Você nunca deve ter colocado um kimono e treinado jiu jitsu pra falar tal bobagem. A faixa é parte do kimono, e o kimono é como uma armadura para seu lutador. Nao fale bobagens !

  11. Marcell Siqueira at 8:01 pm

    Thiago Saldanha kimono armadura? sei… ta assistindo muito desenho animado…

    Bruce Lee e Hélio Gracie, dois tolos por dizerem isso, né? ¬¬ Cada um com sua ideia e opinião. Não Acho a faixa inútil, mas já vi muito graduado passar mal com faixa branca, se é que vc n entendeu o ponto…

  12. Thiago Saldanha at 1:15 am

    Marcell Siqueira cala a sua boca seu merda. Sou bi-campeao mundial e campeao pan americano. Respeito é algo que voce provavelmente nao conhece. Mas faz uma coisinha… vai treinar e depois vc me diz se a faixa serve somente pra amarrar kimono. Ja viu branca dando sufoco em preta ! Isso é a coisa mais comum que existe. Se nao treinar, qualquer preta fica frouxo.

  13. Marcell Siqueira at 5:32 pm

    Thiago Saldanha vai chorar é? hahaha babaca demais

    Treina mais a mente, pra n parecer um cachorro raivoso… deve malhar o bumbum demais, n esquece a mente

Leave a Reply to Junior Leal Guedes Cancel comment reply

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.