UFC: Sertanejo espera atuar no exterior e pede luta no Brasil para Do Bronx

Share it
Sertanejo sonha em lutar pelo UFC no exterior. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Sertanejo sonha em lutar pelo UFC no exterior. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Fora de combate desde 4 de setembro, quando foi derrotado por Kevin Souza no UFC BH, Felipe Sertanejo já começa a sentir a ansiedade pela volta ao octógono. Um dos lutadores que mais atuou no Brasil – todas as suas cinco apresentações foram no país – o paulista mira novos desafios, e sonha com a estreia no exterior. Desde que estreou no Ultimate, em agosto de 2011, o “Cowboy” brasileiro soma duas vitórias, uma no Rio e uma em Fortaleza; duas derrotas, uma em solo carioca e uma em Belo Horizonte, e um empate, também na capital mineira.

“Eu sempre falei que lutar no Brasil é melhor. Além do apoio da torcida, não tem muita viagem, fuso horário, nem dificuldade com alimentação e suplementação. Mas acho que já lutei demais aqui, podia dar uma oportunidade a outros atletas, como o Charles do Bronx, por exemplo, que nunca lutou aqui. Eu também tenho muita vontade de lutar lá fora”, revela o atleta.

Entretanto, Sertanejo deixa a decisão nas mãos dos executivos do UFC, e caso não consiga a tão almejada oportunidade, já sabe onde quer lutar em 2014. “Pode ser que minha próxima luta seja em Jaraguá do Sul. O Lima (Diego, líder da Chute Boxe) e o Macaco (Jorge Patino, líder da Gold Team), já mandaram e-mail para a galera do UFC cogitando essa possibilidade. Quero mesmo é lutar”.

Especulou-se que Felipe Sertanejo poderia retornar ao UFC contra Rony Jason, que vem de derrota para Jeremy Stephens no UFC Goiânia. A possibilidade foi descartada com o afastamento de Jason por seis meses, por conta do nocaute e do corte no braço sofrido após a luta. O atleta mantém seu discurso habitual de não escolher adversários, e garante estar pronto.

“O Jason seria uma boa luta, mas não vai acontecer agora. Escolher adversário, no fim das contas, não muda nada. Achei que meu jogo iria casar muito bem contra o Kevin, mas não tive o desfecho esperado, então estou me preparando para qualquer um, pronto para vencer. Já estou treinando pesado há algum tempo e fazendo ajustes para não me sentir tão fadigado como da última vez”, comenta.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *