Campeão master de Jiu-Jitsu e atleta de MMA ensina 5 macetes para a passagem de guarda

Share it

Rodrigo Pinheiro vibra após o título. Foto: Ivan Trindade/ GRACIEMAG

No último fim de semana, a Pirâmide de Long Beach, na Califórnia, foi exclusiva dos veteranos do Jiu-Jitsu. Pelo Mundial Master & Sênior da IBJJF, o sempre perigoso Rodrigo Pinheiro (Gracie Humaitá) voltou a fisgar, aos 32 anos, uma medalha de ouro no meio-pesado.

O amazonense, que precisou vencer quatro lutas, foi campeão duas semanas após finalizar Joseph Daily no primeiro round no Legacy MMA, pelas costas.

“A lição maior é a da superação, de acreditar. Inscrevi-me na última semana em função da minha luta de MMA. Estava com alguns machucados, mas a vontade de lutar e o coração de competidor falaram mais alto. Sei que posso fazer frente a qualquer um, sou um competidor de natureza. Gosto de superar desafios, e venci quatros lutas numa chave com 22 atletas”, destacou, em papo com GRACIEMAG.

Na final, Rodrigo precisou passar por Diego Gamonal, da BTT.

“A gente já havia lutado algumas vezes, e sabia o jogo de cada um. No início ele fez uma vantagem tentando derrubar, mas não me abalei e corri atrás. Tentei quedar, fiquei atacando o tempo todo por cima e, quando agarrei as pernas dele para derrubar, a luta foi para fora e o juiz me deu uma vantagem, já no finzinho. Na hora da decisão, o juiz levantou minha mão. Ataquei mais e venci. Os treinos com o Diego Brandão do UFC fizeram diferença, ele luta para a frente. Isso me ajuda a não deixar os adversários chegarem em posições confortáveis”, comentou.

Rodrigo concluiu deixando cinco dicas para você afiar as passagens de guarda:

1. Ao pensar em passagem de guarda, pense no quadril. Controle o quadril, aprenda a pesar sua cintura e mover rumo a passagem apenas na hora certa.

2. No ato da passagem, deixe o quadril colado ao chão, para impedir que o guardeiro reponha ou capote você.

3. Imponha sua vontade, empurre o guardeiro para que ele permaneça com as costas coladas no chão. O desconforto dele é vital para você ser bem-sucedido.

4. Ajuste suas pegadas com calma.

5. Ao chegar ao cem-quilos, se preocupe em estabilizar primeiro. Depois pense em finalizar. Primeiro faça os pontos, não se afobe para encerrar a luta. Afobar é o primeiro passo para perder a posição.

Último dia para assinar e ganhar o kimono do Jacaré

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article

Leave a Reply to Adalberto Souza Junior Cancel comment reply

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.