Pettis e Dedé batem boca pela imprensa, e lutador diz: “Ainda quero o Aldo”

Share it
Anthony Pettis vai treinar Jiu-Jitsu no Brasil. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Anthony Pettis ainda quer lutar com José Aldo. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Após sofrer dura acusação de André Pederneiras por ter deixado a luta contra José Aldo após suposta lesão, Anthony Pettis não deixou barato ao se pronunciar sobre o caso. Ele afirmou que a lesão no joelho realmente ocorreu e garantiu que gostaria de enfrentar Aldo, após seu compromisso com Ben Henderson no próximo 31 de agosto, pelo UFC 164.

À rádio Beat 98FM, no programa “Mundo da Luta”, Dedé disse estar torcendo para o americano derrotar Ben Henderson no UFC em Milwaukee, e então enfrentar José Aldo pelo cinturão dos penas:

“Estou rezando para que o Anthony Pettis ganhe o cinturão dos leves e cumpra o desafio de lutar entre os penas, como o Dana White sugeriu, largando o cinturão e vindo encarar o Aldo na categoria dele. Para mim, ele não se machucou porra nenhuma. Ele viu que não ia bater o peso, que não era tão fácil como ele pensava”, disparou Pederneiras.

A resposta de Pettis foi dada hoje, ao site do Combate.com:

“É estúpido o André Pederneiras falar uma coisa dessa, essa luta era um sonho para mim. Minha lesão foi real, e o UFC me tirou da luta. Espero ganhar a disputa de cinturão contra Ben Henderson e enfrentar o Aldo no peso-pena sim. Meu foco agora é o Ben Henderson. Sei que vai ser uma grande luta e, vencendo, quero a luta com o Aldo. O público ficou muito triste com a minha saída, vai ser uma luta boa para todos”, devolveu Pettis.

Seu treinador de Jiu-Jitsu também entrou na querela. O faixa-preta Diego Moraes (Gracie Ilha), treinador de Jiu-Jitsu de Anthony, garantiu que bater o peso não seria o problema para seu atleta:

“O Pettis bate 70kg sem esforço, na minha opinião o peso ideal para ele é mesmo o 66kg, e sabemos que ele não teria dificuldade para descer. O que ocorre é que já tínhamos atleta nesse peso, por isso nunca trabalhamos essa ideia antes. Agora, o Pettis é um atleta sério e muito responsável, nunca teria essa atitude”, disse Diego, ao Combate.com.

Anthony Pettis comunicou a contusão um mês antes do UFC Rio 163, onde o embate contra José Aldo seria realizado. Com isso, o brasileiro acabou enfrentando Chan Sung Jung, abatido por Aldo no quarto assalto da luta principal, no sábado.

UFC 164
Milwaukee, EUA
31 de agosto de 2013

Ben Henderson x Anthony Pettis
Josh Barnett x Frank Mir
Chad Mendes x Clay Guida
Ben Rothwell x Brandon Vera
Dustin Poirier x Erik Koch
CARD PRELIMINAR
Jamie Varner x Gleison Tibau
Louis Gaudinot x Tim Elliott
Pascal Krauss x Hyun Gyu Lim
Chico Camus x Kyung Ho Kang
Yoel Romero x Brian Houston
Soa Palelei x Nikita Krylov
Al Iaquinta x Ryan Couture
Jared Hamman x Magnus Cedenblad

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Marco Tulio Lobo Lobo at 7:43 pm

    sou fan do andre como treinador e como pessoa, mais esse comentario dele nada haver, ate parece que o pettis ia fugir, ia ser um lutao o jose aldo e favorito mais nao podemos esquecer que eo pettis e um show men e muito bom tmb outro fenomeno ia ser um lutao, mais e so questao de tempo pra luta acontecer.

  2. Zilmar Gomes at 5:07 am

    sou fã dos brasileiros, mas devo admitir, o pettes é o melhor! assim como o jon jones são os caras que vão da trabalho pra perder o cinturão os caras são completos…quem n assistiu aluta do pettes contra o henderson vale a pena assistir a surra q henderson levou! e ja vou apostando no ufc 164 no pettes! dessa vez o pettes vai lutar com o palito na boca! querem apostar?

Leave a Reply to DiPipe Luciano Júnior Cancel comment reply

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.