Ronda Rousey exclusivo: “Sou perfeccionista, mas não me acho invencível”

Share it
Ronda Rousey e o cinturão do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Ronda Rousey e o cinturão do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

O Ultimate, antes mesmo de fazer sua primeira luta feminina, já tem uma campeã. Ronda Rousey, a judoca especialista em armlock, contabiliza seis vitórias em seis lutas profissionais, todas no braço. Após sua última luta, quando defendeu o título do Strikeforce contra Sarah Kaufman, em agosto de 2012, Ronda foi designada como a primeira campeã do UFC.

Seu próximo embate é contra Liz Carmouche, no UFC 157, dia 23 de fevereiro, luta esta que será a estreia das mulheres na organização. Em entrevista exclusiva ao GRACIEMAG.com, Ronda falou sobre a declaração de Carmouche, que disse ver falhas no jogo da campeã.

“O que ela quis dizer? Eu tento ganhar cada luta da maneira mais perfeita possível. Treino muito, e sou muito perfeccionista. Me acertaram uma vez, bem forte, e isso me deixou irritada. Tenho muitas coisas para melhorar, mas eu acho que ela tem se apegar a algo para ficar mais confiante. Mas não me acho invencível” disse Rousey.

A detentora do cinturão falou ainda que, apesar de Liz parecer ser uma boa pessoa, ela quer executar seu trabalho, pois não foi fácil chegar à posição que se encontra.

“Ela (Carmouche) parece ser uma menina legal, mas tenho de fazer o meu trabalho. Batalhei muito para chegar na posição em que estou hoje, então não ligo se ela é legal ou não. Vou continuar tratando esta luta como se fosse a coisa mais importante do mundo, para proteger o que conquistei até agora”, concluiu Ronda Rousey.

Confira abaixo o vídeo, em inglês, produzido por Erik Fontanez, do GRACIEMAG.com.

Ler matéria completa Read more

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *