Que lição de Jiu-Jitsu você aprendeu no primeiro episódio do TUF Brasil?

Share it

Lutadores TUF Brasil

A Globo exibiu ontem de noite o programa de lançamento do TUF Brasil, reality show do UFC que coloca frente à frente as equipes comandadas por Vitor Belfort e Wanderlei Silva. No primeiro episódio, 32 lutadores se digladiaram para definir os 16 que agora estão na casa, e não faltou adrenalina nos combates.

Diante de Dana White e dos capitães brazucas, o bicampeão mundial de Jiu-Jitsu Serginho Moraes usou a guarda 50/50 para dar o bote na perna de Thiago Rela e encerrar o duelo com uma chave de calcanhar.

“Eles fizeram uma luta que nunca vi igual. Os dois sentados, um dava o soco e outro revidava também com um soco. Eu nunca tinha visto essa posição no MMA”, comentou Wanderlei Silva, se referindo a guarda 50-50 usada por ambos os atletas, uma das principais aulas de Jiu-Jitsu dadas no programa da Globo.

“O detalhe foi que Serginho esperou o momento certo pra catar o pé do Rela. Quando deu o bote, ele ajustou o calcanhar no antebraço e esticou, o Rela nem bateu, ele gritou logo”, explicou o atual campeão mundial dos leves da IBJJF, Gilbert Durinho, um dos treinadores do time verde, de Vitor Belfort.

Já o cearense Godofredo Pepey, faixa-preta da equipe MG e invicto em 10 lutas foi rápido no gatilho e só precisou do primeiro round para finalizar Johnny Cabeça com um armlock por dentro do triângulo.

Outros que usaram a arte suave para definirem suas lutas foram Jonh Macapá, Rodrigo Damm e Cezar Mutante. O amapaense encaixou um armlock de dentro da guarda em Giovanni Soldado no primeiro giro e carimbou seu passaporte. Já o wrestler e faixa-preta Rodrigo Damm, que vinha levando um atraso na trocação contra Fabricio Guerreiro, usou suas habilidades no solo para decidir o embate com um mata-leão, enquanto Mutante trabalhou no solo até dar o bote no pescoço de Rodrigo Labareda e finalizar com uma guilhotina.

Emissora concorrente revela final do TUF

Os classificados do peso-pena foram Godofredo Pepey, Rony Jason, Hugo Wolverine, Rodrigo Damm, Wagner Galeto, John Teixeira, Anistávio Gasparzinho e Marcus Vinícius.

Já no peso médio, Francisco Massaranduba, Cezar Mutante, Daniel Sarafian, Tiago Bodão, Renée Forte, Delson Pé de Chumbo e Leonardo Macarrão garantiram lugar na casa do TUF Brasil. Confira os resultados do primeiro programa e se você perdeu o episódio clique aqui para assistir.

Hoje, o portal R7 tentou estragar a brincadeira e divulgou os quatro finalistas do TUF, segundo sua reportagem. Para não estragar “o fim da novela”, GRACIEMAG não vai repercutir as informações do portal da Record, rival da Globo.

E você leitor, deu para aprender algum macete de Jiu-Jitsu no primeiro TUF? Comente com a gente sua lição.

Peso pena (66kg)
Godofredo Pepey finalizou Johnny Gonçalves com um arm-lock no triângulo no R1
Rony Jason Mariano venceu Dileno Lopes por TKO no R1
Hugo Wolverine venceu Alexandre Sangue por KO no R1
Rodrigo Damm finalizou Fabricio Guerreiro com um mata-leão no R2
Wagner Galeto venceu Fernando Guerra por decisão dos jurados
John Teixeira finalizou Giovanni Soldado com um arm-lock no R1
Anistávio Gasparzinho venceu Rafael Bueno por decisão unânime
Marcus Vinícius venceu Pedro Nobre por KO no R1

 

Peso médio (84kg)
Francisco Massaranduba venceu Charles Maicon por KO no R1
Cezar Mutante finalizou Gustavo Labareda com uma guilhotina no R2
Daniel Sarafian venceu Richardson Monstrão por decisão dos jurados
Sergio Moraes finalizou Thiago Rela com uma chave de calcanhar no R1
Tiago Bodão venceu João Paulo Tuba por decisão dos jurados
Renee Forte venceu Fabio Bolinho por decisão unânime dos jurados
Delson Pé de Chumbo venceu Gilberto Giba por decisão dos jurados
Leonardo Macarrão venceu Samuel Trindade por decisão unânime dos jurados.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Fanik at 11:56 am

    Que figura o “massaranduba”, parece que nasceu prá bater em outro cara mesmo. Já o serginho passeou, ou pegou um cara fraco. Seria interessante o duelo entre os dois, um porradeiro contra um finalizador, bom teste para ambos.

    Muita resistência à porrada, mostrada por “macarrão” e samuel. O juiz devia entregar o protetor bucal ao córner, para ser lavado, antes de pegá-lo do chão e colocá-lo na boca do lutador. Já vi essa falta de higiene há anos em evento japonês, ninguém morre por isso mas tudo pode melhorar e evoluir.

  2. Renan Nascimento at 1:01 pm

    Pessima estrategia do Rela ao tentar levar um tricampeão mundial de jiu jitsu pro chão…E dono de um dos jogos mais malandros q eu ja vi no jiu jitsu!!!

  3. Markinhosgracie at 4:11 pm

    gostei muito do serginho, pé de chumbo e massaranduba até 84 kg;

    até 66 kg gostei d+ do john macapá e do pepey

  4. Rodrigo Montini at 11:08 pm

    Aprendi que para entrar no octógono tem que ter muito coração e vontade, além é claro de técnica. Todos estão de parabéns. Guerreiros provaram que são! osssss

  5. Senna_pk at 2:19 pm

    to torçendo pro rodrigo damm pq ele mostro humildade na casa nem sempre só as lutas que valem mas o caracter da pessoa tambem entaum eu estou torçendo pro rodrigo damm

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.