Bernardo Faria em busca de novas conquistas

Share it

Bernardo em foto de Gustavo Aragão.

Um dos faixas-pretas da nova geração que vêm se destacando, Bernardo Faria fez ótima temporada em 2010. O representante da Alliance venceu peso e absoluto no Pan, absoluto no Brasileiro, foi campeão mundial pela primeira vez na faixa-preta, venceu no Brasileiro de Equipes e, de quebra, fechou a categoria de peso no Europeu ao lado do mestre Fabio Gurgel.

O lutador comenta as expectativas para 2011 no GRACIEMAG.com e o grande sonho: vencer o absoluto no mundial.

Quais são os seus objetivos para este ano?

Quero manter o que fiz no ano passado, o melhor da minha vida no Jiu-Jitsu. O primeiro semestre de 2010 foi quase perfeito, fui bem em todos os campeonatos. Agora quero repetir o mesmo. Passei o ano-novo com a família, mas já estou em São Paulo treinando para caramba. Creio que o primeiro campeonato vai ser o Europeu. Em 2011 pretendo fazer igual: lutar no Europeu, Brasileiro e Mundial. Quero participar também da seletiva do World Pro em Gramado, a do Rio vai ficar muito próximo. Se Deus quiser, luto no World Pro e pretendo lutar os eventos do Fepa também, que estão crescendo.

Em 2010 você venceu seu primeiro Mundial de preta. Já está na hora de sair esse absoluto?

O absoluto mundial é o título que todos querem e é justamente o que me falta. Ano passado venci o absoluto do Pan e do Brasileiro, então vou treinar para isso. Já estou treinando muito Jiu-Jitsu e agora volto ao judô também. Vai ser campeão absoluto quem estiver mais completo no dia, seja na técnica, preparação e de cabeça. Estou trabalhando tudo isso. Até o ano passado, meu maior sonho era ser campeão mundial na faixa-preta. Agora é ser campeão mundial absoluto.

Faria em foto de Carlos Ozório.

Um dos seus grandes adversários no peso pesado é o Rodolfo Vieira, que não lutou alguns dos principais eventos em 2010. O que espera das competições contra ele agora?

Ele está muito bem, vencendo a maioria dos campeonatos que participa. Ano passado ele se machucou e não pôde lutar nas principais competições no primeiro semestre, mas não me preocupo com ele e nem com ninguém. Quero treinar o máximo, competir o máximo que puder e os resultados vão ser consequência. Vou treinar para ganhar dele, assim com treino para vencer todos os outros.

No ano passado, você também teve a chance de viajar para ministrar seminários. O que achou dessa experiência?

Fiz seminários na Finlândia, Alemanha e Brasil. Treino Jiu-Jitsu há dez anos, abri mão de tudo na minha vida para isso e as coisas estão aparecendo. Além dos resultados nas competições, tive a chance de fazer seminários, de conhecer novos lugares, conhecer pessoas e  de ganhar um dinheirinho também, o que também é bom!

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Vinícius de Barros at 12:38 pm

    Bernardão ! Estou na torcida meu camarada, voê merece e faz por onde ser um dos grandes nomes do do jiu jitsu na atualidade, espero que consiga seus objetivos e continue ser esta pessoa humilde e batalhadora. Abraços !

Leave a Reply to Vinícius de Barros Cancel comment reply

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.