MMA

Como o baiano Jailton Malhadinho pretende atropelar na reta no UFC

Share it

Jailton Malhadinho vibra em Vegas. Foto: Divulgação

[ Por Gabriel Almada ]

O baiano Jailton “Malhadinho” Almeida (16v-2d) começou sua jornada de forma impecável no UFC. Após carimbar o passaporte para o evento, com a vitória sobre o russo Nasrudin Nasrudinov no Dana White´s Contender Series, o meio-pesado emplacou dois triunfos arrasadores no Ultimate, num intervalo de três meses.

Até aí, outros brasileiros já fizeram. O mais impressionante é que Malhadinho derrotou os oponentes no primeiro round, e sem absorver nenhum golpe significativo nessas duas últimas apresentações.

Na estreia, em março último, Jailton derrubou o compatriota Danilo Marques – aluno do mestre Rafael Cordeiro na Kings MMA – montou e castigou até o árbitro decretar o nocaute técnico.

No último fim de semana, Malhadinho, de 30 anos, se aventurou no peso pesado. E deu uma aula de Jiu-Jitsu, no evento UFC Fight Night Holm x Vieira.

Ele teve pela frente o americano Parker Porter, 17kg mais pesado e que vinha de três vitórias seguidas. Ao esbanjar técnica, Jailton quedou o oponente e o amassou no melhor estilo Khabib Nurmagumedov. No finzinho do primeiro round, a 25 segundos do fim, o brasileiro aplicou um esgana-galo justo e encerrou o combate.

Apesar da curta trajetória no Ultimate, Jailton já começa a ser visto como um talento raro: duas vitórias em categorias diferentes sem absorver sequer um golpe significativo não é costume no UFC.

Além do brasileiro, o único a realizar façanha similar em toda a história do UFC foi o lobo checheno Khamzat Chimaev, atual número 3 no ranking dos meio-médios.

Detalhe interessante é que o córner de Jailton Malhadinho caprichou na apresentação no último sábado. Devido a semelhança com o estilo de jogo de Khabib, a equipe do brasileiro optou por um visual tradicional do campeão: bigode raspado e barba comprida.

Faixa-preta, Malhadinho tem provado que não é um lutador unidimensional. Das 16 vitórias que conquistou até o momento, dez foram por finalização e seis por nocaute. O atleta da equipe Galpão da Luta é daqueles que resolve por meio da via rápida. Apenas um de seus combates em toda carreira chegou até a decisão dos árbitros. Na ocasião, o casca-grossa perdeu para Bruno Assis, no Shooto, em janeiro de 2018. De lá para cá, Jailton emplacou 11 vitórias consecutivas em quatro anos.

Malhadinho tem terrenos a explorar e precisa das coordenadas certas para entrar na rota do ranking. Um ponto a seu favor é que a nata dos atletas meio-pesados e pesados é povoada em massa por strikers, boa parte deles com lacunas na defesa de quedas.

Entre os ranqueados na categoria até 93kg, apenas o campeão Glover Teixeira, o russo Magomed Ankalaev e o escocês Paul Craig são grapplers consagrados.

Nos pesados, o ex-campeão Stipe Miocic e o americano Curtis Blaydes são os únicos com histórico vitorioso no wrestling entre os dez mais bem ranqueados. O chão, portanto, é um senhor caminho para Malhadinho atropelar.

Esta semana, Jailton declarou em suas redes sociais que gostou da aventura entre os pesados e aproveitou a oportunidade para desafiar o veteraníssimo Andrei Arlovski, que está embalado por quatro triunfos em sequência. Um deles justamente sobre Carlos “Boi”, companheiro de treino de Jailton.

“Essa notícia pode ser triste para alguns, mas gostei da ideia de lutar entre os pesos pesados”, comentou Malhadinho, com ironia. “Eu me senti muito mais forte nessa divisão. Alô, Andrei Arloviski, nós temos contas a acertar! Você venceu injustamente meu irmão Boi e agora vou cobrar essa conta! Você é um ex-campeão do UFC e vem numa bela sequência de seis vitórias em sete lutas. E sempre enfrentou qualquer um na sua carreira e tenho certeza de que não vai recusar a primeira. Entre em contato com sua agência @firstroundmgmt e com @malkikawa e diga que aceita a luta, porque o desafio está lançado! Depois disso é só o UFC marcar o local e a data que já estou pronto”, arrematou o talento forjado na Bahia.

E seu voto, sagaz leitor fã de MMA? Será que Jailton Malhadinho pode ser a nova estrela do Brasil no UFC? Comente com a gente!

 

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.