Mundial 2022: Quem será o novo rei absoluto do Jiu-Jitsu?

Share it

Felipe Preguiça, o atual campeão mundial absoluto, deixou sua faixa-preta nos tatames e quer se dedicar ao circuito sem kimono e ao MMA. Fotos: Tyy Withrow.

Marcado para os primeiros dias de junho na Pirâmide de Long Beach, do dia 1º ao dia 5, o Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu 2022 vem com uma carga de emoção diferente dos outros anos.

A primeira pergunta, claro, é a de sempre às vésperas do grandioso evento da IBJJF: quem serão o novo rei e a nova rainha do Jiu-Jitsu?

Este ano, porém, uma outra sombra de dúvida deixa os fãs em polvorosa: teremos, novamente, uma final espetacular no absoluto faixa-preta masculino?

Afinal, o último duelo pelo ouro mais cobiçado do Jiu-Jitsu ocorreu lá em 2017, quando Marcus Buchecha venceu o amigo Leandro Lo por 4 a 2, em luta eletrizante na Pirâmide.

De lá para cá, Leandro Lo se contundiu e foi campeão sem luta na final de 2018. Em 2019, Lo retribuiu e cedeu o título a Buchecha, seu sexto ouro absoluto, que naquele ano fechou sua conta com um total de 13 ouros em Mundiais.

Veio a pandemia e, no retorno do Mundial da IBJJF em 2021, Felipe Preguiça foi o campeão, depois que Nicholas Meregali foi desclassificado ao mostrar o dedão da discórdia para torcedores, na semifinal do peso pesadíssimo, contra Victor Hugo Costa.

E agora? Quem será o novo rei, com Felipe Preguiça dedicado ao ADCC e Buchecha no One FC?

O próprio Leandro Lo poderia ser uma aposta para recuperar sua coroa. Só que, desde 2021, o craque já veterano não tem entrado na guerra do aberto, para concentrar suas energias contra os mais jovens do seu peso.

Erich Munis, o carrasco tranquilo, ficou com o ouro absoluto no Pan, e é uma aposta para o aberto no Mundial em junho.

O absoluto, com isso, promete ser uma grande batalha entre feras já consagradas na faixa-preta e talentos da nova geração que estão a todo vapor.

Nicholas Meregali, após aquela conturbada luta contra Victor Hugo, é talvez o maior favorito. E não apenas pela fome após a desclassificação no fim de 2021: no Brasileiro, ele disputou o superpesado e venceu de modo categórico.

Hoje um bicampeão mundial na faixa-preta, Meregali já bateu na trave algumas vezes no aberto. Em 2017, ano de sua estreia entre os pretas, Meregali venceu Leandro Lo para se sagrar campeão mundial peso pesado. Em 2018, foi bronze no absoluto (junto com Victor Hugo), após perder para Buchecha na semi. Em 2019, voltou a vencer o peso em grande estilo, ao superar Mahamed Aly na final superpesado.

O segundo nome em termos de apostas de nossos leitores é outro guardeiro fenomenal, e também vem embalado. Trata-se de Erich Munis (Dream Art), que mostrou uma calma absurda no Mundial do ano passado, ao raspar e vencer Preguiça no superpesado. Munis vive ótima fase e faturou o absoluto no Pan deste ano. Na final do superpesado, Munis fechou com Marcus Scooby.

Dois nomes sempre perigosos são os dos dois craques presentes no pódio absoluto ano passado: Kaynan Duarte e Fellipe Andrew.

Outro candidato à medalha de ouro é o estreante Mica Galvão. O prodígio da Fight Sports está inscrito na categoria meio-pesado do Mundial e afirmou, em suas redes sociais, que desejar entrar na corrida pelo absoluto. Com 18 anos e em seu primeiro Mundial na faixa-preta, o manauara pode alcançar um dos maiores feitos já vistos na arte suave, caso triunfe duplamente na consagrada Pirâmide. Ele vai chocar o mundo?

No Campeonato Brasileiro, disputado há algumas semanas, Mica também faturou seu ouro, assim como Meregali. Já o campeão absoluto do evento em Barueri foi Gutemberg Pereira (GFTeam), após finalizar Marcus Scooby na final, e o resultado pode animá-lo a se jogar no absoluto para tentar quebrar a banca na Pirâmide.

Nicholas Meregali, Victor Hugo, Erich Munis, Kaynan Duarte, Fellipe Andrew, Mica Galvão, Gutemberg Pereira. Esquecemos algum nome de sua preferência, fiel leitor?

Comente com a gente então: qual é o seu palpite para o aberto masculino no Mundial 2022? Oss!

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.