Diogo “Baby Shark” marca 31 a 0 e morde mais uma no Rio Open de Jiu-Jitsu

Share it
Os pupilos de Melqui Galvão brilharam no Rio Fall Open, em abril. Foto: Divulgação

Os pupilos de Melqui Galvão brilharam no Rio Fall Open, em abril. Foto: Divulgação

[ Por Gabriel Almada ]

O Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu se aproxima e jovens talentos se mostram cada vez mais afiados na faixa-preta. No último sábado, 23 de abril, os promissores Diogo Reis e Nathannael Fernandes, parceiros de treino na Fight Sports, tiveram atuações empolgantes no Rio Open de primavera.

A dupla dominou o peso-pluma faixa-preta no evento da IBJJF, disputado na Arena de Deodoro, no Rio de Janeiro.

Os alunos de Melqui Galvão fecharam a final da categoria após cada um vencer dois combates. Estreante na faixa-preta em competições da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation, Nathannael fez campanha irretocável no torneio e finalizou as duas lutas na chave de pé.

Dono de um jogo agressivo e ousado, o manauara não deu chances aos adversários e merecidamente conquistou a medalha de ouro. Graças ao resultado, o jovem prodígio conseguiu os pontos necessários para disputar o Brasileiro.

Assim como o amigo Nathannael, Diogo impôs seu estilo de luta e demonstrou muita maturidade para construir as vitórias. O “Baby Shark”, como é apelidado, finalizou a primeira luta com um justíssimo triângulo invertido, após abrir 31 a 0 sobre o oponente.

Na semifinal da categoria até 64kg, a joia da Fight Sports passou a guarda do adversário, buscou ataques e conseguiu chegar às costas e venceu por pontos.

Representante da nova geração, a dupla manauara é a grande esperança da Fight Sports para triunfar na categoria peso-pluma no Brasileiro. No Pan 2022, realizado há duas semanas, Diogo travou uma batalha com o talentosíssimo Meyram Maquine, campeão do torneio, e perdeu por 12 a 10, em luta decidida no detalhe.

Apesar da derrota, o arisco competidor provou estar em patamar semelhante aos melhores do mundo na divisão. Diogo e Nathannael tiveram trajetórias vitoriosas nas faixas coloridas e são a personificação do Jiu-Jitsu moderno. Ambos têm repertório e talento de sobra para conquistarem uma vasta coleção de ouros. O Campeonato Brasileiro, que será disputado entre os dias 6 e 14 de maio, responderá a palpitante questão: eles hão de conseguir desbancar lutadores mais experientes?

Você pode ir dando seu palpite, fiel leitor: na sua opinião, os promissores Diogo e Nathannael já estão entre os melhores pesos-pluma do mundo? Ou ainda precisam de tempo para maturar na faixa-preta?

Comente com a gente.

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.