Machado, Rayron e Danylo brilham nos absolutos coloridos no Mundial

Share it

Pedro Machado vibra com o ouro absoluto. Fotos: Tyy Withrow / GRACIEMAG

O peso pesado Pedro Henrique Machado, cometa da equipe Ring BJJ e da Gordo Jiu-Jitsu, foi o grande nome da faixa-marrom no Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF, após série de vitórias nessa sexta-feira, 10 de dezembro, em Anaheim.

Pedro ficou com o ouro após encaixar um armlock na final em Mason Fowler, da academia de Caio Terra. O pupilo da academia Gordo havia vencido seu peso e o absoluto também no Brasileiro de Jiu-Jitsu, no Rio.

Na faixa-roxa, o grande nome do Mundial foi Rayron Gracie. No dia 8 de dezembro, Rayron havia celebrado seus 20 anos com serenidade, sem perder a concentração. “Tenho ficado bem menos no celular, tentando usar só uma vez por dia”, comentou a fera com GRACIEMAG.

O foco e os treinos consistentes na academia de Renzo em NY compensaram. Na sexta-feira, o filhão de Ryan brilhou na faixa-roxa, ao distribuir montadas, estrangulamentos e chaves omoplatas justíssimas, para se tornar campeão peso pesado e absoluto no Mundial da IBJJF.

Na final, demonstrou tranquilidade imensa para encaixar a omoplata, raspar, montar e finalizar no braço a pedreira americana Dory Aoun, da CheckMat. Dory e Rayron já haviam lutado antes, como por exemplo no Pan 2020.

Rayron acabou por repetir uma tradição familiar, já que um pelotão Gracie venceu o Mundial na roxa, casos de Roger, Kyra, Kron e Gregor. Mas ao vencer tanto o peso como o absoluto roxa, Rayron foi o primeiro.

Rayron finaliza no braço na final do absoluto roxa, em Anaheim.

Na faixa-azul adulto, o ouro absoluto ficou com Danylo Wruck, promissor talento da Alliance.

No absoluto juvenil 1, o campeão leve foi Colin Marcus Yun (Rodrigo Freitas BJJ) e o campeão pesado foi Rafael Hipólito (GB). No absoluto juvenil 2 o melhor azul nos leves foi Gustavo Ogawa (AOJ), enquanto no pesado o campeão foi Takeshiro Yuuki (Atos).

Para os resultados em tempo real do evento, clique aqui.

Danylo, promessa da Alliance, foi o melhor faixa-azul do Mundial 2021 e já desceu do pódio com a roxa na cintura. Foto: Divulgação

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.