A motivação de Gabriel para vencer o limite da cegueira e brilhar na SJJSAF

Share it

Gabriel ingressou no Jiu-Jitsu aos 7 anos de idade e hoje compete mesmo com cegueira total. Foto: Reprodução

“Eu sempre pedia para competir, queria lutar na SAF”, disse o satisfeito Gabriel Mello, de 16 anos, após ficar com a prata no Rio Challenge da SJJSAF realizado no último final de semana. Seria uma história comum de competidores jovens como ele, mas Gabriel, que lutou na divisão regular do torneio na faixa-branca, é cego de nascença.

Competidor da Game Fight de Oswaldo Cruz, aluno do professor Valter Mello, Gabriel não competiu em divisões adaptadas, que são comuns nos torneios da SJJSAF, organizados pelo professor Cleiber Maia. Gabriel ingressou na categoria regular, venceu a primeira finalizando num triângulo e acabou superado na final. Vale ressaltar que, mesmo sem a obrigação de começar as lutas com pegadas na divisão regular, todos os adversários de Gabriel demonstraram fair play e deram o contato ao oponente privado da visão.

“Jiu-Jitsu é muito bom. Quem desiste não sabe o que estará perdendo no futuro”, disse o jovem.

Confira uma de suas lutas no torneio no vídeo abaixo e inspire-se na história deste campeão!

graciemag_assine_barra

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Pingback: A motivação de Gabriel Borges para vencer o limite da cegueira e brilhar na SJJSAF - MMA Bets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *