Mestre Álvaro Mansor em novo endereço com a Soul Fighters matriz

Share it

Mestre Álvaro Mansor lidera a equipe Soul Fighters. Foto: Reprodução

O faixa-coral Álvaro Mansor, mais recente integrante do time GMI, tem uma história memorável com a arte suave. Fundador da Soul Fighters e referência no mundo do Jiu-Jitsu no quesito arbitragem, mestre Álvaro está com nova academia para atender seus alunos.

Após 20 anos lecionando no Tijuca Tênis Clube, a tradicional equipe da Zona Norte migrou para a não menos conhecida Rua Conde de Bonfim, na sobreloja do número 685, bem pertinho da Rua Uruguai.

Batemos um papo com o mestre, falamos do ensino na Soul Fighters, dos primeiros passos da equipe, há mais de uma década, e sobre o projeto de formar professores especialistas no ensino infantil, com a Metodologia BJJ. Confira!

* Entre para o time GMI! *

GRACIEMAG: O que os alunos, antigos e novos, podem esperar do novo espaço da Soul Fighters, que segue no tradicional bairro da Tijuca?

Álvaro Mansor: Os alunos, de um modo geral, devem esperar sempre um trabalho sério de nossa parte. A família Soul Fighters fica muito feliz a cada dia, com a volta de todos, e com o início daqueles que nunca colocaram um kimono.

Como foi criada a Soul Fighters e como a história do mestre Álvaro se mistura com a da equipe?

A Soul Fighters foi criada há 12 anos, com minha saída da academia de origem. Com está saída, dois dos meus alunos vieram comigo, o Bruno Tank e o Augusto Tanquinho, depois vieram o Rafael Formiga e Leandro Tatu e assim se fundou a equipe, tendo a mim, o mestre, como pessoa a formar esta união.

Seus alunos têm que estar sempre em dia com as lições sobre as regras. Como que esse entendimento pleno dos detalhes de regra da IBJJF ajuda na hora dos seus pupilos competirem?

Ajuda e muito. Um atleta que sabe bem a regra ele entende tudo que um árbitro vai fazer ou deixar de fazer, e por sua vez joga com isso ao seu favor por várias vezes. Além disso, que não comete erros pois sabe o que não pode estar fazendo e provoca que o adversário erre

Além das aulas regulares, você tem ensinado professores e instrutores a darem aulas a crianças e jovens com o projeto Metodologia juntamente com Bruno Alves e Cácio Zanon. Como funciona a sua parte nesse projeto?

Fui convidado por eles para integrar o projeto como um todo. Trabalho com crianças há mais de 30 anos e amei a ideia do projeto. Abracei com todas as forças, pois os dois são pessoas excelentes de trabalhar e são da minha equipe, se parecem demais comigo. Com muita alegria temos feito este trabalho juntos e levando para o pessoal tudo que sabemos de melhor sobre como ensinar Jiu-Jitsu para crianças, para que, cada vez mais, exista um pertencimento dos alunos para com os professores munidos do método que ensinamos em nossos cursos.

graciemag_assine_barra

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Pingback: Mestre Álvaro Mansor em novo endereço com a Soul Fighters matriz - MMA Bets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *