O que Kleber Buiú aprendeu de melhor com Carlinhos e Roger Gracie?

Share it

Professor Kleber Buiú, na escola Gracie Barra Parque Olímpico, no Rio: aula sobre como ligar o “modo guerreiro”.

Kleber Paulino, o Buiú, professor e líder da Gracie Barra Parque Olímpico no Rio, conviveu desde molecote com o amigo Roger Gracie. Afilhado do mestre Carlos Gracie Jr, nosso GMI aprendeu muito com a família mais casca do planeta, e as incontáveis conversas e conselhos o levaram a desenvolver uma tática singular para domar a adrenalina antes de encarar as competições.

Na hora da verdade, Buiú aprendeu a filtrar os pensamentos certos e, assim, usar a mente a seu favor para vencer:

“O pior pensamento, ao meu ver, é o cara ficar martelando na cabeça – ‘Ah, eu não posso perder, não posso perder!’. Isso acaba com o cara”, diz o carioca nascido no morro do Juramento. “Minha tática para domar a adrenalina, então, envolve ver fitas e vídeos de minhas lutas antigas. Mas com um detalhe: eu escolho preferencialmente lutas em que perdi.”

Para o faixa-preta de Carlos Gracie Jr, espiar as próprias derrotas pode dar aquela descarga elétrica necessária para ligar um campeão.

“Eu então fico ali, vendo uma, duas lutas perdidas, e minha mente começa a entrar no modo guerreiro. Na minha cabeça, aquela luta não acabou, e eu ainda não perdi, entende? Eu estou no meio dela, sei o que preciso fazer para virar a luta. Então entro contra qualquer adversário como se eu estivesse atrás do placar, o que triplica minha garra, anula o medo de derrota e me faz partir para cima, afinal o ‘placar teórico’ está uns 4 a 0 para o cara (risos).”

Para Buiú, inclusive, esse modo de raciocinar serve muito bem para o dia a dia, e para os diversos desafios fora da academia:

“É um bom modo de pensar longe dos tatames também. Porque você e eu estamos sempre perdendo para o mundo, é ou não é? Estamos sempre ameaçados de uma derrota. Mas e agora? O que você vai fazer para virar? No fim das contas, a gente vive numa luta que jamais termina”.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *