Com Xande Ribeiro e outras feras, IBJJF organiza retorno dos torneios de Jiu-Jitsu

Share it

Xande Ribeiro em foto de Ivan Trindade/GRACIEMAG

Sem organizar eventos desde o final de fevereiro, com a realização dos opens em Kansas e Londres, a IBJJF se prepara rumo à volta dos torneios durante a pandemia do coronavírus. O estado do Texas, nos EUA, receberá o Austin Open com e sem kimono, no dia 19 de setembro.

Seguindo os protocolos locais de segurança e higiene, a IBJJF disponibilizou em seu website as recomendações para os participantes. Sem presença de público e com a capacidade reduzida, apenas os competidores e treinadores (um por atleta) poderão adentrar no ginásio Round Rock Sports Center. Máscaras e face shields serão essenciais durante a permanência no ginásio.

Para o torneio de reabertura da temporada, alguns nomes de peso estão inscritos. Entre os principais destaques, temos o bicampeão mundial absoluto Xande Ribeiro, inscrito para representar a recém criada Six Blades Jiu-Jitsu na divisão de master 1, no peso pesado.

Representando o nosso Time GMI de associados, temos três destaques que falaram um pouco sobre a expectativa do retorno às competições de Jiu-Jitsu, mesmo em tempos de pandemia. Veja abaixo!

Suyan Queiroz (First BJJ/Carlson Gracie) | Master 4- Leve |

Lutar os eventos da IBJJF é sempre uma motivação a mais, pois é a referência para todos no mundo do Jiu-Jitsu, e eu sou um atleta que vejo o Jiu Jitsu como um estilo de vida, no qual os treinos e as competições são os principais fatores de motivação.

Fazer parte da reabertura dos eventos da IBJJF é muito importante, pois nos dá a sensação de que coisas estão se normalizando. Esse ano de 2020 está sendo um ano de sobreviver como business, a pandemia afetou muito as academias de Jiu Jitsu, pois o contato físico é fundamental.

O Austin Open nos dá a esperança de que a comunidade do Jiu Jitsu no mundo voltará com sua rotina de competições e normalidade nas academias. Dias melhores estão cada vez mais próximos para todos nós.

Felipe Ninja (Brazil Academy/Kronos BJJ) | Master 2 – Pluma |

Durante a quarentena eu pensei muito na minha vida, nas coisas que são importantes pra mim. Competir é algo que me motiva muito a estar em
boa forma, a melhorar o meu Jiu Jitsu, e manter uma mente focada e disciplinada.

Isso também reflete nos meus alunos, que se motivam a serem melhores versões deles mesmo. Estou ansioso e motivado pra voltar a competir, desde o dia que a IBJJF anunciou o evento, os treinos já mudaram o ritmo completamente.

Léo Machado (BTT North Dallas/Irving) | Master 2 – Meio-Pesado |

A volta das competições foi uma motivação essencial para mim, que agora busco estar na minha melhor forma para competir em alto nível. A intenção de lutar esse campeonato é para trazer de volta a vontade das pessoas de treinar, se exercitar, buscarem uma rotina mais saudável, e o Jiu-Jitsu é a resposta.

* Entre para o time GMI! *

graciemag_assine_barra

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Pingback: Austin Open de Jiu-Jitsu: Ronaldo Jr e Pedro Rocha levam ouro duplo no primeiro torneio da pandemia | Graciemag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *