Entenda conceitos fundamentais do Jiu-Jitsu, por Cesar Palhares

Share it

Royce usa o clássico pisão para controlar a distância do oponente. Foto: Divulgação

Na visão do nosso GMI Cesar Palhares, o Jiu-Jitsu se baseia em alguns pilares essenciais, e no texto exclusivo para GRACIEMAG o faixa-preta detalhou três deles, para que o jovem aprendiz da arte suave possa colocar como norte para seguir com mais fluidez no seu caminho.

Confira nas linhas abaixo!

Assimile o conceito de distância

Este é um dos conceitos mais importantes num combate. A todo momento a sua mente tem que identificar se você precisa ficar perto, muito perto ou distante do seu oponente, dependendo da sua estratégia. As aulas de defesa pessoal podem ensinar a trocar essa distância com segurança. Tenha como exemplo uma discussão repentina no meio da rua. Se você se posicionar com o afastamento adequado, pode evitar sofrer um golpe de surpresa, um soco ou chute. Se, por outro lado, precisar se defender, estar próximo ao corpo do oponente é a melhor opção, cinturando-o com técnica e respiração adequadas para manter-se em segurança, sem o risco de sofrer golpes contundentes.

Estude as pegadas

Dominar o pano do oponente permite que você tenha controle sobre a movimentação dele. Assim, você o induz a seguir caminhos suscetíveis às suas armadilhas. Quem tem a capacidade de fazer boas pegadas tende a controlar o combate de uma forma geral e isso é uma baita vantagem. Essa capacidade precisa ser refinada com muito treino. Só assim você vai compreender a técnica de segurar o pano na medida certa, sem gastar energia à toa.

Porém, apesar dos benefícios, é importante não se tornar um lutador totalmente refém das pegadas no pano. Numa situação de defesa pessoal, por exemplo, você pode estar sem opção nenhuma de pegada de pano. É importante a adaptação, saber improvisar, controlar o oponente com pegadas dinâmicas e com baixa aderência, como nos braços e na nuca. Pratique bastante Jiu-Jitsu nos treinos com e sem kimono, isso vai garantir a você todo esse dinamismo.

Positividade e confiança

O refino das técnicas de Jiu-Jitsu exige um certo tempo. Você precisa treinar com consistência ao longo de anos para entender o tempo certo das posições, para desenvolver força mental e não desistir quando tomar um sufoco. O Jiu-Jitsu é uma maratona, não um tiro de cem metros.

Portanto, para se envolver numa atividade que requer treinamento de longo prazo você precisa se entregar com positividade. Aceite derrotas momentâneas, por exemplo. Ninguém nasce invencível. É preciso perder muitas vezes para refinar a técnica, então entre no dojo com humildade e com a chama poderosa de “eterno aprendiz”.

Tenha também o bom senso para filtrar coisas ruins. Treinos descabidos, que podem gerar lesões graves e desnecessárias, devem ser evitados. Para você seguir inabalável até a faixa-preta é preciso um olhar positivo. É preciso amar a academia como um templo sagrado, servir de exemplo aos menos graduados, ajudar, respeitar e ter um bom astral. Esse tipo de aluno costuma ser o aluno que prospera nas academias e consegue usar o Jiu-Jitsu como uma ótima ferramenta para o bem-estar e o crescimento pessoal.

* Entre para o time GMI! *

Professor Cesar Palhares, da Gracie Jiu-Jitsu Charitas.

graciemag_assine_barra

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Pingback: Entenda conceitos fundamentais do Jiu-Jitsu, por Cesar Palhares - MMA Crazies

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *