Explodir ou dosar o gás? Qual a sua estratégia no Jiu-Jitsu?

Share it

Demian Maia em ação no UFC. Foto: Carlos Arthur Jr/GRACIEMAG

Você tem confiança para dar uma blitz de ataques logo no minuto inicial da luta? Ou prefere usar uma estratégia de médio a longo prazo, dosando o gás e a energia?

Este é um dilema que angustia muitos lutadores. Buscar a vitória logo nos segundos iniciais, como o nosso GMI Cesar Palhares faz de forma eficiente na luta de MMA abaixo, pode ser bom para intimidar o oponente e também para estimular o próprio jogo a fluir. Porém, alguns mestres argumentam que qualquer eventual frustração nesse começo da luta tende a afetar o emocional do guerreiro e servir como um “tiro no pé”.

Por outro lado, sabemos que dosar muito o gás pode se transformar numa espécie de “trava geral”. Para não gastar energia, o combatente não luta, amarra… E assim vai se anulando progressivamente. Como resolver essa questão, sábio leitor? Equilíbrio? Senso de oportunidade? Depende de cada adversário? Como você encara o primeiro minuto de uma luta? Parte pra cima? Estuda o rival? Só intensifica uma blitz quando a “janela de oportunidade” está 100% aberta e convidativa? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo. Oss!

* Para mais conteúdos exclusivos com o melhor do Jiu-Jitsu mundial, assine a revista mais tradicional do esporte em formato digital *

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *