Arthur Gogó e as lições do MMA para ser melhor no Jiu-Jitsu

Share it

Gogó no combate que lhe rendeu o cinturão do WOCS. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

O que um lutador de Jiu-Jitsu pode aprender com a prática do MMA? Fizemos essa pergunta ao professor GMI Arthur Gogó, da GFTeam Cascadura, atleta com ampla experiência em ambas as modalidades.

“A primeira coisa que aprendi com o MMA foi treinar sem vaidade”, disse Gogó. “Embora eu já fosse faixa-preta de Jiu-Jitsu, eu era iniciante em trocação, entre outros aspectos do combate. Rapidamente percebi o quanto era importante ter a cabeça aberta para adquirir novos conhecimentos.

“Aprendi também a respeitar os limites do meu corpo, dando muito mais importância ao descanso e à recuperação. Outra lição foi treinar sempre no desconforto. Sim, é uma sensação horrível, mas imagine o atleta que treina chão todo dia com o Minotauro. Isso é o bastante para esse atleta saber que, quando estiver no chão contra qualquer oponente, sua chance de se dar bem será enorme.

“Esse tipo de confiança é vital no MMA e quando aplicada nos treinos de Jiu-Jistu garante excelentes resultados. Por último, posso dizer que o MMA me ensinou que o medo jamais pode ser maior que a minha coragem”.

E você, atleta do Jiu-Jitsu que já lutou MMA? Qual a sua lição mais valiosa? Poste nos comentários!

GFTeam Cascadura
Av. Dom Hélder Câmara, 9630
Cascadura, Rio de Janeiro
# (21) 3477-6466
arthurcesarbjj@gmail.com
www.academiatop3.com.br

* Para mais conteúdos exclusivos com o melhor do Jiu-Jitsu mundial, assine a revista mais tradicional do esporte em formato digital *

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *