AJP muda regras de vantagens, punições e decisões dos árbitros para 2020; entenda

Share it

Leonardo Cascão venceu Isaac Doederlein na nova regra, testada no King of Mats no Rio. Foto: Ane Nunes/AJP

O AJP (Abu Dhabi Jiu-Jitsu Tour Professional) anunciou que um novo sistema de pontuação será adotado nos eventos do Abu Dhabi Grand Slam a partir de 1º de janeiro de 2020. As alterações também serão válidas para o Abu Dhabi World Pro, previsto para os dias 11 e 18 de abril. O novo sistema de pontuação substitui vantagens e penalidades por pontos.

A partir de agora, os atletas receberão 1 (um) ponto sempre que atingirem uma posição anteriormente considerada vantagem. Em caso de penalidades, toda vez que um atleta é penalizado pelo árbitro, seu oponente recebe 1 (um) ponto. As ocasiões em que as vantagens e punições são sinalizadas permanecem inalteradas de acordo com o Livro de Regras da AJP.

O novo estilo de pontuação foi testado pela primeira vez na temporada 2019/2020 do AJP Tour, em 2 de novembro, nas superlutas do Abu Dhabi King of Mats no Rio de Janeiro. Após o teste, torcedores, atletas e oficiais do evento deram um feedback extremamente positivo ao novo sistema de pontuação, que permitiu muito mais movimento no placar e tornou as lutas muito mais ativas e emocionantes.

O AJP também anunciou mudanças nas durações das partidas e nas decisões sobre resultados das lutas. A partir de 1º de janeiro de 2020, todas as disputas antes das finais terão 5 (cinco) minutos de duração. As finais terão 8 (oito) minutos de duração.

Em relação aos resultados das lutas, não haverá mais decisões dos árbitros. As partidas que terminarem em empate terão um minuto extra com golden score (atleta que marcar primeiro ganha). Em caso de empate após o minuto extra, o atleta que marcou por último será declarado vencedor.

O AJP também permitirá que os treinadores solicitem uma revisão da pontuação ou movimento por partida usando o sistema de vídeo replay, chamado na organização de Falcon Eye.

Todas as alterações se aplicam às divisões faixa-roxa, faixa-marrom e faixa-preta. Clique aqui para saber mais.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *