Como Gabigol baixou seu percentual de gordura de 14 para 9% e deu o gás na carreira

Share it
Gabigol em foto de divulgacao do Flamengo

O atacante Gabigol comemora mais um de seus 40 gols em 2019. Foto: Divulgação/Flamengo

Destaque do Flamengo neste fim de ano, o artilheiro Gabriel Barbosa, o popular Gabigol, percebeu que precisava melhorar alguns de seus hábitos, quando chegou ao clube carioca em janeiro de 2019. Em especial, os hábitos alimentares, calcanhar de Aquiles de nove entre dez atletas talentosos.

De acordo com reportagem do jornal “Folha de São Paulo”, escrita por Carlos Petrocilo e
Klaus Richmond, o camisa 9 da Gávea decidiu turbinar a forma física, e abandonou até os doces de que mais gosta.

“Em janeiro, ele procurou o médico Eduardo Rauen, nutrólogo que atende vários atletas de elite. Segundo Rauen, o atacante inicialmente ficou amedrontado com a rigidez da dieta, que entre outras coisas só autoriza suco se for de limão”, detalha o artigo.

Gabigol deu início à reeducação alimentar desde os primeiros dias com a camisa rubro-negra, e até contratou uma cozinheira para trabalhar na sua casa na Barra e seguir o cardápio receitado, que não é complexo:

“Pela manhã, dois ovos e mamão com aveia. No almoço e jantar, proteínas (frango ou peixe), legumes refogados e salada com azeite, limão e sal. Arroz, somente integral”, lista a reportagem. O problema para Gabigol foram os doces, já que o jogador adora bolos e outras guloseimas.

O atleta de 23 anos e 77kg manteve seu peso na balança, mas mudou bastante sua composição corporal: “O percentual de gordura baixou de 13,9% para 9%. Ele foi extremamente regrado. Em um dia de folga, me mandou uma foto, na praia, comendo frango e salada”, conta o médico Eduardo Rauen.

Como se vê, os títulos não aparecem por acaso, seja na luta ou nos esportes em equipe. E lembre-se sempre: antes de começar qualquer regime de reeducação alimentar, procure sempre um nutricionista habilitado.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *