GB Vila Prudente em SP ensina 10 dicas para você perder o medo ao começar no Jiu-Jitsu

Share it

Nosso GMI Arthur Turô em seminário na GB Vila Prudente. Foto: Reprodução

O portal GracieBarraSP.com.br, do nosso professor GMI Arthur Turô, listou recentemente dez dicas valiosíssimas para o iniciante no Jiu-Jitsu perder o medo e perseverar nos treinos, rumo à faixa-azul.

“Muita gente é corajosa na hora de começar a treinar a arte suave, mas aí… muitas vezes bate aquela frustração e um medo de não conseguir prosseguir”, diz Turô, professor que lidera as academias GB Vila Prudente e GB Aclimação. Confira as dez dicas e bons treinos!

1. Pratique a repetição

Em vez de pensar na quantidade, concentre-se na qualidade das repetições. Pouco adianta tentar aprender várias posições e não executá-las com excelência: se a posição não estiver “justinha”, não vai funcionar. Dedique-se à repetição e aos detalhes da técnica básica, ela vai levá-lo à perfeição.

2. Escolha o treino forte

Não pratique auto-sabotagem. Se você sempre fugir do confronto com um companheiro mais duro ou que conhece bem seu jogo, nunca terá a oportunidade de aprender e evoluir. Aproveite os treinos para se testar e conhecer seus pontos fracos e fortes. Se perder no treino, acredite: é totalmente normal, e todos os seus professores já passaram por isso. Converse com eles sobre o que você tem feito de errado e corrija.

3. Estude

Há quem só quer saber de “rolar” nos treininhos, chegam atrasados e perdem a posição do dia. É preciso manter o equilíbrio. Se você só participa das simulações de luta, em que momento irá refinar e analisar o seu jogo? Reserve um tempo para estudar as posições. Dica: anote-as em um caderno ou no bloco de notas no fim do treino para reler no fim da semana ou no reinício da semana seguinte.

4. Escute seu mestre

Confie no seu sensei: ele já está nessa jornada bem antes de você, e é o maior interessado na sua evolução. Então se ele falar que você precisa melhorar naquele aspecto ou se elogiar um ponto forte, acredite. Não tente argumentar ou justificar, apenas aceite e trabalhe para melhorar cada vez mais.

5. Observe os mais graduados

Aproveite os momentos de treino com os mais graduados para não depender tanto da força. Em vez de “ganhar a qualquer custo”, pense em afiar sua técnica, observar e aprender com os mais experientes.

6. Tenha sempre um plano A (e um plano B, e C…)

Primeiramente, tenha um plano A: analise com seu treinador quais as posições mais confortáveis e adequadas ao seu biotipo. Mas, ao mesmo tempo, não fique na zona de conforto. Estude sempre as posições não tão confortáveis pois, na hora H, é importante ter um vasto repertório.

7. Não pense como um derrotista

Uma das lições mais importantes do Jiu-Jitsu é: crie em você um modo de pensar vencedor. Esse estado mental, muito mais que “ganhar ou perder”, mantém os olhos no objetivo maior, que é aproveitar as oportunidades de aprender e evoluir, ciente dos seus pontos fortes e sempre ajudando seus colegas de treino.

8. Esqueça traumas do passado

Contusões, doenças ou experiências ruins podem interferir diretamente na evolução. Mas, para se dedicar sem reservas, é preciso superar os traumas do passado – sejam físicos ou psicológicos. Converse com o seu sensei e, se preciso, busque ajuda: fisioterapeutas e psicólogos podem ser bons aliados nessa luta.

9. Tenha obstinação e boa vontade

Como em qualquer área da vida, não basta ter sorte. A evolução no Jiu-Jitsu é feita de treinos constantes, consistentes e inteligentes. Além disso, é imprescindível cuidar do seu corpo, com uma alimentação balanceada e o fortalecimento muscular.

10. Acima de tudo, não desista

Como a vida, seu treinamento não será sempre como você planejou: a rotina perfeita, a estratégia perfeita, a alimentação e a frequência perfeita não existem. Adapte-se e tente manter uma constância na medida do possível. Lembre-se: só existe “perda” quando você desiste, e quem segue na luta não é um perdedor. No mais, treinar Jiu-Jitsu nunca é sobre ganhar ou perder: é sobre não desistir!

Leia mais artigos no site da Gracie Barra em SP, aqui.

Para se tornar GMI e divulgar as atividades de sua academia ao redor do mundo, clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *