Bruno Bastos visa sexto título no Mundial Sem Kimono e celebra sucesso no Texas

Share it

Bruno Bastos após mais uma conquista sem kimono. Foto: Divulgação

Com a vida renovada, prestes a abrir sua própria academia em Midland, no Texas, o faixa-preta Bruno Bastos sequer parou descansar. Bruno, há duas semanas, estava comandando o seu time durante o Europeu Sem Kimono e Roma Open em Roma, na Itália. Com cerca de 8 representantes, a equipe Lead BJJ ainda foi capaz de conquistar sete medalhas de ouro e duas de prata entre os torneios da IBJJF.

Bruno, que ainda venceu no pesadíssimo e foi medalhista de prata no absoluto, conta como tem usado as recentes competições para brilhar no Mundial Sem Kimono, agendado para dezembro, em Anaheim, na Califórnia. Ele vem de recente vitória no Pan e Europeu da IBJJF, ambos disputados sem kimono.

“Tenho focado somente nas disputas sem Kimono, pois ainda estou me recuperando de uma pequena ruptura parcial na musculatura do antebraço, que ocorreu na minha segunda luta no Mundial Master. Fiz pódio la, mas foi bem complicado. Depois que mudei a preparação física para o treinador Jarret Jones, que é meu faixa-preta, tem feito bastante diferença para que eu possa chegar bem o suficiente nas competições. Venho de vitória no Pan e Europeu Sem Kimono e estou empolgado para disputar o Mundial Sem Kimono. Já venci cinco vezes e quero conquistar novamente. O preço está sendo pago”, destaca Bruno.

Competidor de elite, Bruno agora também detalha como tem feito para administrar suas academias filiadas e gerir seu próprio negócio, no Texas.

“Acredito que o lastro competitivo e de treinamento em alto nível ajuda bastante. Não tem como comprar experiencia. Consegui construir uma base forte aqui em Midland, no Texas, desde 2012 quando cheguei. Tenho filiais em cidades bem próximas, dirigindo somente entre 30 a 40min. Menos tempo do que eu levava quando morava no Rio, por exemplo. O Team LEAD BJJ continua crescendo também e já estamos no Top 10 da IBJJF. Números não mentem. Além disso, estou numa fase muito legal da minha vida com algo que, na verdade, sempre foi meu maior sonho: ter a minha família. Minha esposa cresceu dentro do tatame também. Isso ajuda bastante. Nossos filhos adoram o ambiente que temos. Estão sempre se divertindo dentro e fora dos tatames. E agora vamos realizar o sonho da academia própria. Então acredito que o equilíbrio está no amor, na felicidade e paz de espirito que isso te da”, encerra o campeão.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *