Os resultados e o final emocionante do Abu Dhabi Grand Slam Rio de Janeiro

Share it

Bia Basílio, da Almeida JJ, após finalizar Luiza na botinha. Foto: Carlos Arthur Jr.

Após o término do Abu Dhabi Grand Slam do Rio de Janeiro, no último domingo, dia 3 de novembro, nossa reportagem encontrou Bia Basílio apressada, ainda de kimono, com a medalha de ouro na mala que carregava na mão. “Não consigo pedir meu Uber e meu voo decola 21h”, disse aflita a campeã. Já eram 19h30 e, saindo da Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, rumo ao Aeroporto do Galeão, o tempo se tornou o maior adversário.

Alan Finfou e Jackson Sousa, também campeões no evento, se juntaram na saga ao lado do repórter, tentando conseguir uma solução para Bia retornar com sucesso para São Paulo. Contudo, quem apareceu para salvar o dia foi o medalhista de bronze Rafael Bebezão. “Entra aqui que vamos achar alguém para te levar”, disse o heroico professor da nossa GMI Rio Fight. Minutos depois o telefone toca: “Consegui um Uber e vou chegar a tempo!”, disse aliviada Bia, em sua maior vitória do dia, e por não ter que perder ainda mais dos dólares da premiação. Isso tudo após vencer quatro lutas no torneio, a última usando a finalização da casa da Almeida Jiu-Jitsu, uma chave de pé sem chances de fuga para a vice-campeã Luiza Monteiro.

Outras feras foram premiadas também nas finais de faixa-preta no masculino, além da divisão mista de faixas-marrons e pretas no feminino. Entre os destaques temos o campeão até 120kg Patrick Gáudio, que teve que superar alguns obstáculos até o título.

Patrick pegou as costas de Rafael Message antes de atacar no arco e flecha. Foto: Carlos Arthur Jr.

Logo na pesagem, um dia antes, Patrick chamou nosso repórter: “Estou inscrito de 94kg mas vou estourar. Peso na fila do 120?”, disse a fera, que tinha finalizado uma leva de sushis horas atrás. Subindo de categoria, Patrick encarou com vontade a divisão e passou por nomes de peso, como a jovem promessa da Ribeiro JJ Victor Hugo. Mesmo atacando numa brutal chave de pé, Victor não conseguiu os três tapinhas de Patrick, mas resistir ao ataque teve um preço. Após a luta, o tornozelo do atleta da GFTeam dobrou de tamanho, mas ainda assim Patrick voltou para disputar o ouro contra Rafael Message (Drill BJJ). Na luta, Rafael deu a sua cartada para vencer, atacando o pé enfaixado de Patrick. Contudo, o sagaz atleta da GFTeam, com os dois pés enfaixados, acabou recebendo o ataque no pé sem lesão, para em seguida escorregar para as costas e finalizar no arco e flecha.

Confira abaixo mais resultados da faixa-preta no adulto. Para os resultados do King of Mats, clique aqui. Para resultados do Queen of Mats, clique aqui. Para todos os resultados do Abu Dhabi Grand Slam, clique aqui.

Masculino – Preta

56kg – Bebeto Oliveira finalizou Jorge Nakamura na guilhotina
62kg – Diego Pato venceu Cleber Clandestino por 5 a 2 nas vantagens após 4 a 4 nos pontos
69kg – Alex Sodré venceu Gabriel Figueiro por 6 a 2 nos pontos
77kg – Natan Chueng venceu Yan Pica-Pau por 1 a 0 nas vantagens
85kg – Charles Negromonte venceu Igor Sousa por 1 a 0 nas vantagens após 4 a 4 nos pontos
94kg – Luan Lima vencer Adam Wardzinski por 1 a 0 nas vantagens
120kg – Patrick Gaudio finalizou Rafael Message no estrangulamento arco e flecha

Feminino Preta/Marrom

49kg – Mayssa Bastos venceu Brenda Larissa por 2 a 1 nas vantagens após 4 a 4 nos pontos
55kg – Anna Rodrigues venceu Talita Alencar por 2 a 0 nas vantagens após 4 a 4 nos pontos
62kg – Bia Basílio finalizou Luiza Monteiro na chave de pé
70kg – Thamaa Ferreira finalizou Larissa Dias no armlock
95kg – Gabi Pessanha venceu Izadora Cristina na decisão dos árbitros

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *