Vídeo: Dana White analisa principais destaques do UFC 241, neste sábado

Share it

Dana White em foto de Carlos Arthur Jr.

Depois de pouco mais de um ano de espera, os fãs de MMA terão a oportunidade de conferir, ao vivo no Combate, a aguardada revanche entre o campeão peso pesado Daniel Cormier e o ex-dono do cinturão Stipe Miocic . Os dois se enfrentaram pela primeira vez em julho de 2018, no UFC 236. Na ocasião, Cormier era o campeão peso meio-pesado e subiu para a categoria de cima para uma “superluta” com o então detentor do título até 120kg. DC não tomou conhecimento do seu rival, chocou o mundo e se consagrou campeão em duas divisões.

Cormier optou, então, por ficar na categoria mais pesada do UFC e renunciou ao seu cinturão meio-pesado. Sua primeira defesa aconteceu em novembro, quando superou Derrick Lewis no segundo round. Miocic, por outro lado, não pisa no octógono desde a noite em que foi destronado.

Em entrevista recente, o atual campeão e líder do ranking peso-por-peso do UFC declarou que gostaria de lutar até os 40 anos, idade que completou no dia 20 de março, deixando no ar que a luta contra Miocic pode ser a última da sua brilhante carreira.

A esperada luta entre Romero e Borrachinha

Depois de muita especulação, com lutas marcadas e canceladas, Yoel Romero e Paulo Borrachinha finalmente se enfrentam neste sábado, em Anaheim.

Invicto na carreira com 12 vitórias, o brasileiro de Contagem, Minas Gerais, é visto como uma das promessas no peso-médio. Desde que estreou no UFC, em março de 2017, foram quatro vitórias, todas por nocaute técnico. Aos 28 anos, Borrachinha ocupa a sétima colocação no ranking peso-médio e uma nova vitória pode lhe garantir uma vaga no top 5 da divisão.

Atual número dois na categoria, o cubano Yoel Romero só foi derrotado dentro da organização por um único lutador: o campeão Robert Whittaker. Em seu currículo constam vitórias sobre nomes como Luke Rockhold, Chris Weidman, Ronaldo Jacaré e Lyoto Machida.

A volta de Raphael Assunção

O peso-galo Raphael Assunção retorna ao octógono contra o americano Cory Sandhagen. Aos 36 anos, o pernambucano tem 27 vitórias e seis derrotas na carreira. Em sua última luta, no UFC Fortaleza, em fevereiro, foi derrotado por Marlon Moraes. Atual número três da categoria, Raphael espera retomar a corrida pelo cinturão, já que até hoje ainda não teve oportunidade de lutar pelo título da divisão.

Já Sandhagen é considerado uma revelação entre os atletas americanos. Aos 27 anos, o lutador soma quatro vitórias desde a sua estreia na organização.

Presidente do UFC< Dana White analisou os principais destaques do explosivo card deste sábado. Confira no vídeo abaixo e, para os resultados do evento em tempo real, acesso o Instagram do Combate, no @canalcombate

UFC 241
Honda Center, Anaheim, EUA
17 de agosto de 2019

Daniel Cormier x Stipe Miocic
Anthony Pettis x Nate Diaz
Yoel Romero x Paulo Borrachinha
Gabriel Benitez x Sodiq Yusuff
Derek Brunson x Ian Heinisch

CARD PRELIMINAR

Devonte Smith x Khama Worthy
Raphael Assunção x Cory Sandhagen
Christos Giagos x Drakkar Klose
Manny Bermudez x Casey Kenney
Hannah Ciffers x Jodie Esquibel
Kyung Ho Kang x Brandon Davis
Sabina Mazo x Shana Dobson

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. jorge at 2:15 am

    Dana White é um babaca, a negação de toda a doutrina das artes marciais, é apenas um mercenário apoiador de gangster, arruaceiros, brigões e péssimos exemplos como McGregor, Sonem e cia.
    E principalmente, não gosta dos Brasileiros, sempre que puder vai prejudicá-los, frear o caminho deles, atrapalhar ao máximo.
    Não assisto mais o UFC.
    JC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *