Rodolfo, Durinho e mais oito brasileiros em ação hoje no UFC Uruguai

Share it

Rodolfo em ação no MMA. Foto: Eduardo Ferreira

A primeira passagem do UFC pelo Uruguai será marcada pela disputa do cinturão peso-mosca feminino. A campeã da categoria Valentina Shevchenko vai para a sua segunda defesa de título, dessa vez contra a americana Liz Carmouche, além de outras atrações de peso no card, exibido a partir das 18h no Combate, com resultados em tempo real no Instagram @canalcombate.

Natural do Quirguistão, Valentina morou oito anos no Peru e fala espanhol fluentemente, já assumindo a sua posição de favorita também entre os fãs de Montevidéu. Desde que optou por descer para a divisão até 57kg, “Bullet” acumulou três vitórias seguidas: Priscila Pedrita, Joanna Jedrzejczyk – quando conquistou o cinturão da categoria -, e, recentemente, Jessica Eye, nocauteada no UFC 238 há cerca de dois meses.

Liz Carmouche estreou no UFC disputando o cinturão peso-galo com a então campeã Ronda Rousey. Aos 35 anos, “Girlrilla” parece ter se encontrado na categoria peso-mosca, onde vem de duas vitórias, sobre Jennifer Maia e Lucie Pudilova.

A luta entre Shevchenko e Carmouche neste sábado pode ser considerada uma revanche para a atual campeã. As duas se enfrentaram em 2010, com a americana vencendo por nocaute técnico, naquela que foi a primeira derrota da carreira da quirguistanesa.

Luque em busca do Top 10

O meio-médio Vicente Luque retorna ao octógono para enfrentar o americano Mike Perry na luta co-principal do UFC Uruguai. Vivendo o melhor momento de sua carreira, o brasileiro vai em busca da sua sexta vitória seguida e, quem sabe, de uma vaga no Top 10 da categoria. Atual número 15, o atleta nocauteou Derrick Krantz, no UFC Rochester, em maio, em sua última luta. Assim como a campeã Valentina, Luque fala espanhol fluentemente – seu pai é chileno – e vai poder contar com o apoio da torcida uruguaia.

Apesar de vir de vitória sobre o brasileiro Alex Cowboy, em abril, Mike Perry não vive um grande momento na organização. “Platinum” venceu apenas duas das suas últimas cinco lutas.

Meio uruguaio, meio brasileiro

A torcida uruguaia terá um representante neste sábado. O brasileiro naturalizado uruguaio Luiz Garagorri (12-0-0) faz sua estreia na organização contra o peruano Humberto Bandenay (14-6-0). Filho de pais uruguaios, Garagorri nasceu em Santana do Livramento (RS), cidade que faz fronteira com o Uruguai, mas foi criado e vive até hoje em Rivera (URU). O peso-pena tem 30 anos e está invicto com 12 vitórias.

Seu adversário, Bandenay, tem 14 vitórias e seis derrotas, mas vem de dois reveses dentro da organização, para Gabriel Benitez e Austin Arnett.

Mais uma estrela do Jiu-Jitsu

Um outro grande nome do jiu-jitsu brasileiro chega ao UFC. O carioca Rodolfo Vieira (5-0) faz sua estreia no evento na Antel Arena contra Oskar Piechota (11-1-1). Pentacampeão mundial da arte suave como faixa-preta e campeão do ADCC em 2015, Rodolfo está invicto no MMA com cinco vitórias.

O polonês Piechota tem apenas uma derrota na carreira, exatamente em sua última luta, em julho de 2018, quando foi finalizado por Gerald Meerschaert.

Festa dos brasileiros em Montevidéu

Os fãs brasileiros que forem até Montevidéu vão ter motivos de sobra para torcer. Além de Luque e Rodolfo, outros oito atletas do país estarão em ação na capital uruguaia.

O peso-pesado Raphael Pessoa Nunes faz sua estreia no UFC. Natural do Rio de Janeiro, “Bebezão” – como é conhecido – está invicto com nove vitórias, sendo seis nocautes. Seu adversário também é um novato na organização. O francês Ciryl Gane tem três vitórias na carreira, todas por nocaute.

Também invicta, a peso-palha Marina Rodriguez é outra brasileira que entra em ação neste sábado. Com 11 triunfos e um empate, a gaúcha moradora de Florianópolis enfrenta a americana Tecia Torres de olho em uma vaga no Top 15 da divisão. Atual oitava na categoria até 52kg, Tecia viaja ao Uruguai para reencontrar o caminho das vitórias. “The Tiny Tornado” vem em uma sequência de três derrotas. Diga-se de passagem, para adversárias de peso: a atual campeã Jessica Andrade, a ex campeã Joanna Jedrzejczyk e, mais recentemente, Weili Zhang, a nova desafiante ao cinturão.

O UFC Uruguai será marcado por um duelo de “contenders”. Contratados após participarem da versão brasileira do programa, em agosto do ano passado, Rogerio Bontorine Raulian Paiva se enfrentam em luta válida pela categoria peso-mosca. O paranaense Bontorin – atual número oito – fez sua estreia na organização em fevereiro, no UFC Fortaleza, quando venceu Magomed Bibulatov. A de Raulian aconteceu na semana seguinte, no UFC 234, mas o resultado foi diferente. O amapaense, 13º na categoria, foi derrotado por Kai Kara-France.

Completando a invasão brasileira do card, o peso-leve catarinense Alex “Leko” Silva faz sua segunda luta no UFC contra o mexicano estreante Rodrigo Vargas, o carioca Gilbert Durinho faz sua estreia no meio-médio em um duelo com Alexey Kunchenko, a paraense Polyana Viana (10-3-0) enfrenta Veronica Macedo, e o mineiro Geraldo de Freitas encara o americano Chris Gutierrez em duelo peso-galo.

Valentina Shevchenko x Liz Carmouche
Vicente Luque x Mike Perry
Luiz Garagorri x Humberto Bandenay
Volkan Oezdemir x Ilir Latifi
Rodolfo Vieira x Oskar Piechota
Enrique Barzola x Bobby Moffett

CARD PRELIMINAR

Ciryl Gane x Raphael Pessoa
Tecia Torres x Marina Rodriguez
Rogerio Bontorin x Raulian Paiva
Geraldo de Freitas x Chris Gutierrez
Alex da Silva x Rodrigo Vargas
Gilbert Burns x Alexey Kunchenko
Veronica Macedo x Polyana Viana

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *