Vídeos: Cris Cyborg vence e Max Holloway defende cinturão no UFC 240

Share it

Cris Cyborg voltou a vencer no UFC. Foto: Reprodução

O UFC 240, realizado no último sábado, dia 27 de julho, trouxe para a tela do Combate 11 lutas agitadas, com dois ex-campeões e um detentor de título defendendo seu cinturão nas lutas principais.

Aos 37 anos, o ex-campeão peso leve Frankie Edgar entrou com toda sua experiência e mobilidade para encarar o campeão peso-pena Max Holloway, que havia se testado recentemente entre os leves e sofrido o revés na divisão de cima. Ao se encontrarem no octógono na disputa do cinturão dos penas, o detentor da cinta levou a melhor.

Golpeando da longa distância, e se fazendo valer da brutal diferença de envergadura, Holloway capitalizou pontos importantes ao longo dos cinco assaltos. Frankie teve também seus bons momentos na luta, ao encurtar e desferir golpes fortes, mas estes não foram suficientes para convencer os jurados. Vitória e cinturão defendido para o havaiano Max Holloway.

Já na luta coprincipal, Cris Cyborg pisou no cage para voltar ao trilho das vitórias. Após ser batida por Amanda Nunes e perder o cinturão peso-pena, Cris teve seu retorno contra Felicia Spencer, e o duelo não foi dos mais fáceis.

Com combinações fortes na trocação, Cris avançou com tudo sobre Felicia. A canadense, contudo, sustentou o castigo e aplicou duros golpes no contra-ataque, e estes quase surpreenderam a ex-campeã ao longo dos três assaltos. No fim das contas, com mais pressão, domínio de cage e golpes desferidos com contundência, Cris levou a melhor na decisão, e pediu para reencontra Amanada na intenção de recuperar seu título nos penas.

Ainda no card, outros destaques ficaram para a vitória de Deiveson “Deus da Guerra” sobre Alexandre Pantoja, o sucesso de Vivi Araújo sobre a veterana Alexis Davis e para a finalização de Gavin Tucker, faixa-preta de Renzo Gracie, sobre Seung Choi

UFC 240
Edmonton, Canada
27 de julho de 2019

Max Holloway venceu Frankie Edgar na decisão unânime dos jurados
Cris Cyborg venceu Felicia Spencer na decisão unânime dos jurados
Geoff Neal nocauteou Niko Price aos 2min39s do R2
Arman Tsarukyan venceu Olivier Aubin-Mercier na decisão unânime dos jurados
Krzysztof Jotko venceu Marc-Andre Barriault na decisão dividida dos jurados

Card preliminar

Vivi Araújo venceu Alexis Davis na decisão unânime dos jurados
Hakeem Dawodu venceu Yoshinori Horie por nocaute aos 4min09s do R3
Gavin Tucker finaloizou Seung Choi no mata-leão aos 3min17s do R3
Deiveson “Daico” Figueiredo venceu Alexandre Pantoja na decisão unânime dos jurados
Gillian Robertson venceu Sarah Frota por nocaute técnico aos 4min13s do R2
Erik Koch venceu Kyle Stewart na decisão unânime dos jurados

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *