Brasileiro de Jiu-Jitsu 2019: Confira os resultados das finais na faixa-preta

Share it

Nicholas ficou com ouro duplo no Brasileiro 2019. Foto: Flashsport

O Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu 2019 já entrou para a história. Primeiro torneio de grande porte da CBJJ a premiar seus campeões na faixa-preta com quantias em dinheiro, o Brasileiro, realizado em Barueri no ginásio José Corrêa, recebeu mais de 7.000 inscritos, número que faz o campeonato ser o maior já realizado pela federação.

Neste domingo, dia 5 de maio, os faixas-pretas no adulto definiram seus campeões. Nomes de destaque, Nicholas Meregali e Bia Mesquita saíram do torneio com ouro duplo e com alguns milhares de reais. Para Nicholas, a noite campeã começou após virar o jogo contra Fellipe Andrew e finalizar com a lapela no superpesado. Mais tarde, no absoluto, Nicholas fez a final com Rudson Mateus, campeão do meio-pesado, e em duelo que começou turbinado para Rudson foi revertido no placar por Meregali, e após sequência de punições (cruzada e falta de combatividade) Rudson acabou desclassificado e Nicholas garantiu o ouro duplo.

Bia Mesquita em ação na final do peso médio no Brasileiro 2019. Foto: Flashsport

Já no feminino, o dia foi de Bia Mesquita. Embalada nas disputas de faixa-preta, Bia primeiro conquistou o título no peso médio ao finalizar Renata Marinho. Depois, no absoluto, Bia teve pela frente Sabatha Lais, atleta que havia tirado nomes fortes em sua escalada rumo a final em peso aberto. Bia, na finalíssima, aplicou seu jogo forte ao puxar, raspar, transitar para as costas no giro e estrangular no arco e flecha. Ouro duplo para a fera da Gracie Humaitá.

Outros destaques ficaram para Carina Santi, da G13 BJJ, campeã no superpesado, e para os irmãos Cleber Clandestino e Bia Basílio, representantes da Almeida JJ campeões no peso-galo e peso leve, respectivamente.

Confira abaixo os resultados completos!

A cobertura do Brasileiro de Jiu-Jitsu 2019 é um oferecimento da

MASCULINO

Galo
Cléber Clandestino venceu Rodnei Barbosa por 4 a 2 nos pontos

Pluma
Hiago George venceu Alex Sodré por 4 a 1 nas vantagens

Pena
Isaac Doederlein finalizou João Paulo Gonçalves no estrangulamento pelas costas

Leve
Ygor Rodrigues venceu Matheus Guilherme por 2 a 0 nos pontos

Médio
Otávio Sousa venceu Cláudio Calasans por desclassificação

Meio-pesado
Rudson Mateus finalizou José Henrique na chave de braço

Pesado
Vinicius Trator e Dimitrius Souza fecharam para a Alliance

Superpesado
Nicholas Meregali finalizou Fellipe Andrew no estrangulamento pelas costas

Pesadíssimo
Duzão Lopes finalizou Felipe Augusto no estrangulamento da montada

Absoluto
Nicholas Meregali venceu Rudson Mateus por desclassificação

FEMININO

Pluma
Dyna Sena venceu Mayssa Bastos na decisão dos árbitros

Pena
Ffion Davis finalizou Aninha Schmitt no estrangulamento pelas costas

Leve
Bia Basílio finalizou Luciene Silva na chave de pé

Médio
Bia Mesquita finalizou Renata Marinho na chave de braço

Meio-pesado
Rafaela Bertolot venceu Sábatha Laís por 4 a 0 nos pontos

Pesado
Fernanda Mazzelli venceu Cláudia do Val na decisão dos árbitros

Superpesado
Carina Santi finalizou Izadora Cristina no kata-gatame

Pesadíssimo
Jessica Flowers Joaquina Neta fecharam para a Gracie Barra

Absoluto
Bia Mesquita finalizou Sábatha Laís no estrangulamento arco e flecha

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *