Resultados finais do Abu Dhabi World Pro Jiu-Jitsu 2019

Share it

João ataca as costas de Yahya na busca do estrangulamento. Foto: Blanca Marisa Garcia

Fim de papo no Abu Dhabi World Pro Jiu-Jitsu Championship 2019. Após seis dias de evento com craques da faixa-azul
à faixa-preta, de todas as partes do mundo, chegamos neste sábado, dia 26 de abril, para conhecermos os campeões representando a elite da arte suave mundial.

Foram 12 lutas eletrizantes, em palco com tatame montado no centro da Mubadala Arena, nos Emirados Árabes. O alto do pódio ficou repleto de brasileiros, com apenas Tommy Langaker representando a Noruega entre os vencedores estrangeiros. Confira abaixo como foram as finais:

MASCULINO PRETA

56kg – Hiago George x Bebeto Oliveira
Em luta disputada nos detalhes, com Hiago e Bebeto brigando por cada pegada, melhor para Hiago que conseguiu somar duas vantagens e ficar com a vitória.

62kg – Gabriel Sousa x João Miyao
Rivais na divisão até 62kg, Gabriel e João voltaram a se enfrentar. Líder do ranking, Gabriel confirmou sua posição no topo e venceu João por 2 a 1 nas vantagens em combate muito estudado.

69kg – Paulo Miyao x Isaac Doederlein
Em um dos combates mais equilibrados do dia, Paulo e Isaac seguiram empatados em 2 a 2 até o fim da luta, mas uma punição para Isaac definiu o brasileiro como vencedor e dono do cinturão.

77kg – Tommy Langaker x Oliver Lowell
Favorito para a conquista do título até 77kg, o norueguês Tommy Langaker botou sua guarda arisca para funcionar logo no início da luta, avançando para as costas e finalizando Oliver Lowell no estrangulamento.

85kg – Rudson Mateus x Faisal Al-Ketbi
Com toda torcida ao seu lado, Faisal Al-Ketbi subiu no tablado para enfrentar Rudson Mateus. O brasileiro, famoso por sua guarda, aceitou disputar em cima com o craque dos Emirados, mas terminou por baixo buscando a raspagem. No minutos finais da luta, depois do placar empatado em dois a dois nos pontos, Rudson atacou no armlock e recebeu uma vantagem, revista e retirada após a consulta do VAR. Na decisão, o brasuca ficou com o ouro na decisão dividida.

94kg – Kaynan Duarte x Adam Wardzinski
Em uma das lutas mais esperadas do dia, Kaynan mostrou mais uma vez a força do seu jogo e finalizou Adam Wardziski no leglock para sacramentar sua maratona no World Pro, após vencer a classificatória, avançar à final na chave principal e lutar no sábado pelo ouro.

110kg – João Gabriel Rocha x Yahya Al Hammadi
Em retorno triunfal à Abu Dhabi, João Gabriel não teve vida fácil. Foram três dias de lutas para o faixa-preta da Soul Fighters até chegar à final contra o local Yahya Al Hammadi. A vitória veio após derrubar, pegar as costas e estrangular no arco e flecha.

Bia luta para ficar por cima na vitória sobre Ffion Davies. Foto: Blanca Marisa Garcia

FEMININO MARROM/PRETA

49kg – Mayssa Bastos x Thamires Aquino
Em duelo entre companheiras de equipe na GFTeam, no qual ambas queriam o título, Mayssa e Thamires batalharam na guarda para somar o máximo de superioridade uma sobre a outra, mas foi Mayssa que levou a melhor após acumular 1 a 0 nas vantages. Mayssa segue como rainha da divisão até 49kg.

55kg – Bia Basílio x Amal Amjahid
Em luta eletrizante, Bia e Amal deram tudo de si na disputa pelo ouro. Bia fez melhores ataques, somou mais pontos e ficou com o título após o placar final de 4 a 2. Bicampeonato garantido para a fera da Almeida Jiu-Jitsu.

62kg – Bia Mesquita x Ffion Davies
Bia Mesquita garantiu seu pentacampeonato no World Pro ao vencer a novata casca-grossa Ffion Davies. A irlandesa saiu na frente com dois pontos logo no início, mas Bia virou o jogo após raspar montando e pegar as costas, somando 10 a 2 no placar final.

70kg – Thamara Ferreira x Alessandra Moss
Faixa-marrom com estilo agressivo, Thamara fez mais uma faixa-preta bater nas suas mãos. No duelo final da sua categoria, Thamara atacou Alessandra no triângulo e saiu no braço, para finalizar no armlock.

90kg – Gabi Pessanha x Claire-France Thevenon
Favorita na divisão até 90kg, Gabi Pessanha apenas confirmou sua ótima fase, e precisou de pouco mais de um minuto para finalizar Claire-France, com um bote justo no triângulo.

Confira abaixo os resultados completos!

MASCULINO PRETA

56kg
Hiago George venceu Bebeto Oliveira por 2 a 0 nas vantagens

62kg
Gabriel Sousa venceu João Miyao por 2 a 1 nas vantagens

69kg
Paulo Miyao venceu Isaac Doederlein por 1 a 0 nas punições, após 2 a 2 nos pontos

77kg
Tommy Langaker finalizou Oliver Lovell no estrangulamento

85kg
Rudson Mateus venceu Faisal Al Ketbi na decisão dos árbitros

94kg
Kaynan Duarte finalizou Adam Wardzinski no leglock

110kg
João Gabriel Rocha finalizou Yahya Al Hammadi no estrangulamento arco e flecha

FEMININO MARROM/PRETA

49kg
Mayssa Bastos venceu Thamires Aquino por 1 a 0 nas vantagens

55kg
Bia Basílio venceu Amal Amjahid por 4 a 2 nos pontos

62kg
Bia Mesquita venceu Ffion Davies por 10 a 2 nos pontos

70kg
Thamara Ferreira finalizou Alessandra Moss no armlock

90kg
Gabi Pessanha finalizou Claire-France Thevenon no triângulo

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *