Enquete: 31% dos nossos leitores começaram a praticar Jiu-Jitsu graças ao UFC

Share it
Royce comemora vitoria no UFC 1 em-foto-de-Susumu-Nagao

Royce Gracie no UFC, em foto de Susumu Nagao.

Fenômeno mundial no quesito esportivo, o MMA, popularizado graças ao gigante UFC, foi peça importante na popularização do nosso querido Jiu-Jitsu. Isso por que nos primórdios, quando lutar no cage ainda era chamado de vale-tudo (no holds barred na definição em inglês), um sujeito magrinho com pouca pinta de lutador, atuava de kimono e finalizava geral com o Jiu-Jitsu, arte que encantou o mundo.

Usamos o nossa conta no Instagram, o @graciemagoficial, para perguntar aos nossos seguidores se o UFC teria, de alguma forma, influenciado sua entrada para treinar a arte suave, e tivemos uma parcial impressionante de 31%. É como se você olhasse o tatame da sua academia e três de cada dez praticantes tivessem vestido o kimono, pela primeira vez, após ver uma luta do UFC.

Resultado de uma das nossas enquetas no Instagram Stories. Foto: Reprodução

Não é por menos. Apesar do esporte contemplar socos, chutes e uma gama enorme de outros golpes, astros como o próprio Royce Gracie, Fabricio Werdum, Demian Maia, Charles do Bronx, Georges St-Pierre e outros mostraram a eficiência do Jiu-Jitsu no MMA, e certamente angariaram novos adeptos à nossa arte.

Mas e você, amigo leitor, entrou para o Jiu-Jitsu também influenciado pelo UFC, ou por outro motivo? Divida conosco nos comentários!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *