Confira os campeões do Abu Dhabi Grand Slam de Londres

Share it

Ffiona Davies estabiliza na montada para garantir a vitória em Londres. Foto: Ane Nunes/Gentle Art Media

A temporada 2018/2019 para a divisão de faixa-preta no Abu Dhabi Grand Slam chegou ao fim. O dia final da temporada aconteceu nesse sábado, 9 de março, em Londres, Inglaterra. Foi um dia como nenhum outro para a multidão na Copper Box Arena e também para aqueles que assistiam em todo o mundo. Em algumas classes de peso, novos campeões foram coroados, enquanto os campeões reinantes mantinham suas coroas em outras divisões. Veja como cada classe se desenrolou.

Masculino Adulto Faixa-Preta

56 kg

Bebeto Oliveira ainda está no topo. Ele lutou apenas uma vez para manter o título na divisão. Do outro lado da chave, o japonês Nobuhiro Sawada chegou à final com uma vitória por 6 a 2 nos pontos sobre Frederico Guimarães. Na luta pela medalha de ouro, Bebeto conseguiu raspar duas vezes para garantir mais um topo de pódio na temporada.

62 kg

De longe, a categoria de peso com maior rivalidade entre os finalistas. Gabriel Sousa chegou à final pelo caminho mais complicado. Ele finalizou Cleber Clandestino com um estrangulamento pelas costas para se encontrar com João Miyao nas semifinais. Com 1 a 0 nas vantagens depois de um empate por 4 a 4 nos pontos definiu Gabriel na final. Do outro lado, Hiago George finalizou Pedro Clementino pelas costas e depois superou Fernando Soares por 3 a 0 nos pontos. A luta final foi agitada do início ao fim. Uma penalidade para Hiago deu a Gabriel o título após um empate por 4 a 4 nos pontos.

69 kg

Paulo Miyao teve uma campanha difícil para manter seu título na categoria de peso. Ele primeiro finalizou Alex Jablonski com um estrangulamento pelas costas para chegar à semifinal, na qual superou João Gonçalves por 2 a 1 nas vantagens. Isaac Doederlein, atleta do outro lado da chave, também teve uma estrada sinuosa até a disputa pela medalha de ouro. Primeiro ele pegou Max Campos com um triângulo e, em seguida, finalizou Tiago Bravo na chave de pé. A medalha de ouro foi decidida nos detalhes. Miyao garantiu o título com 4 a 2 nas vantagens em uma partida que poderia ir para qualquer um dos lados.

77 kg

A classe de peso mais lotada do evento reservou emoções para todos. Max Lindblad, da Suécia, teve uma caminhada brilhante na divisão para chegar ao topo do pódio. Primeiro ele venceu o Tommi Pulkkanen por 2 a 0 nos pontos e passou para as semifinais, depois de não ter luta nas quartas-de-final. Outra vitória de 2 a 0, dessa vez sobre Pedro Ramalho, levou Max à final. Do outro lado, Guilherme Rocha lutou três vezes para chegar à final. Ele derrotou Fabricio Barbarotti por 2 a 0 nos pontos, depois superou Martin Aedma por 1 a 0 nas vantagens e finalizou David Zaken no triângulo. A disputa pela medalha de ouro foi muito parelha, mas Max conseguiu contabilizar 4 a 2 nas vantagens para garantir a medalha de ouro.

85 kg

Lucas Barbosa é outro campeão reinante que manteve sua coroa. Primeiro ele venceu Maciej Kozak com um armlock para chegar à final. Seu adversário seria Charles Negromonte, que venceu Igor Sousa por 1 a 0 nas vantagens no combate anterior. A disputa pela medalha de ouro foi decidida logo no início, com Barbosa aplicando uma queda e uma passagem de guarda e acumular 5 a 0 no placar.

94 kg

Kaynan Duarte está de volta. Ele lutou duas vezes para ganhar o título na categoria de peso. Sua primeira disputa foi contra Felipe Mussolino nas semifinais, na qual venceu com por 4 a 0 nos pontos. Seu adversário pela medalha de ouro seria o atual campeão Adam Wardzinski, que venceu Matheus Godoy por 9 a 2 na outra semifinal. O título foi decidido com um chave de pé de Kaynan, que foi capaz de impor seu jogo sobre Adam para levar a medalha de ouro para casa.

110 kg

Ricardo Evangelista lutou uma vez para reivindicar o título na mais pesada categoria de peso. Seu adversário na final foi Helton Junior, que chegou na disputa do ouro com uma vitória na decisão sobre Rodrigo Ribeiro. Evangelista ficou com o título por 3 a 1 nas vantagens.

Adulto Feminino Marrom/Preta

49 kg

Mayssa Bastos está de volta ao topo. Ela ganhou sua quarta medalha de ouro na temporada ao vencer duas lutas. Mayssa primeiro pegou Serena Gabrielli com um estrangulamento pela costas nas semifinais. A adversária da medalha de ouro seria a argentina Julia Pareja, que derrotou Luna Barea por 2 a 0 nas vantagens. Mayssa precisou de menos de dois minutos para encontrar o estrangulamento pelas costa que garantiria a vitória.

55 kg

Ana Rodrigues é outra cara nova no topo do pódio. Em duas lutas, ela venceu Gabriela Fetcher por 1 a 0 nas punições. Rose El Sharouni chegou à final com 6 a 0 nas vantagens sobre Laura Peretti. A medalha de ouro ficou com Ana em rápido estrangulamento pelas costas sobre Rose.

62 kg

Para a alegria da torcida, a local Ffiona Davies teve um desempenho excepcional para conquistar a medalha de ouro. Ela finalizou Suvi Koikkalainen com um mata-leão para enfrentar a atual campeã Bia Basílio nas semifinais. Ffiona foi capaz de acumular 8 a 0 nos pontos para chegar à final. Do outro lado, Larissa Paes finalizou Michele Oliveira e encontrou Charlotte Von Baumgartten na semifinal, que Larissa ganhou na decisão do árbitro. Na final, Ffiona construiu um placar de 11 a 4, incluindo uma passagem de guarda e o controle da montada que valeu ouro.

70 kg

Quatro medalhas de ouro em cinco eventos na temporada para Thamara Silva. Ela primeiro venceu Martina Gramenius por 14 a 2 e, em seguida, finalizou Magdalena Loska com um chave de pé na semifinal. Samantha Cook chegou à final também em duas partidas, finalizando Jesmine Latrach na omoplata e depois pegando Vedha Toscano na chave de pé. Thamara finalizou Samantha na final e vibrou com mais um título na temporada.

90 kg

Gabrieli Pessanha foi dominante de ponta a ponta. Ela foi a única atleta a ter conquistado o título em sua categoria de peso em todos os cinco eventos da temporada do Abu Dhabi Grand Slam. Em Londres, ela lutou uma vez para rapidamente bater Marta Szarecka com um estrangulamento pelas costas na final.

O último final de semana da temporada do Grand Slam Tour de Abu Dhabi termina neste domingo, 10 de março, com o King Of Mats. Dez dos melhores competidores leves do mundo lutarão pela glória suprema. A ação começa em torno do meio-dia, horário de Brasília.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *